$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: ARTE E DESIGN, FRONTEIRAS EVANESCENTES?
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): ELENIR CARMEN MORGENSTERN

Colaborador(es):  ALBERTO CIPINIUK - Orientador
Número do Conteúdo: 37967
Catalogação:  10/05/2019 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=37967@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=37967@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.37967

Resumo:
A intenção desta pesquisa é o entendimento teorético do design em termos estéticos (em sua forma) e extra-estéticos (como práticas sociais, analisando sua legitimação no meio social). Buscamos contribuir no processo de definição teórica para o que atualmente é nomeado pelo termo design gráfico, num questionamento acerca das fronteiras em que se estabelecem suas bases. Entendendo que o limite de um campo é o limite dos seus efeitos pretendemos, por meio de uma abordagem antropológica, que considere variáveis de natureza externa (questões históricas, sociais, culturais, etc.), verificar a influência da literatura artística (concernente as artes visuais), na definição teórica do campo do design (gráfico). A metodologia contempla uma análise entre a recente literatura produzida pelo campo do design, no Brasil, especialmente àquelas que dão suporte às práticas do Design Gráfico, e a literatura artística, composta pela tradição (não adentrando em escritos representativos da arte contemporânea). Ou seja, efetivamos um cruzamento entre os artefatos literários produzidos pelos dois campos. Partimos, para isso, da seguinte premissa: grande parte das teorias contemporâneas que procuram definir o design gráfico, delineando seus principais atributos, é fundada nas teorias que, ao longo da história, deliberaram teoricamente as artes visuais, mais precisamente a imagem. A relevância dos resultados da pesquisa encontra-se, principalmente, na possibilidade de auxiliar na contextualização e definição epistemológica do design, campo marcado pela diversidade de definições e, muitas vezes, teorizado de maneira pouco rigorosa.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E GLOSSÁRIO  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui