$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: MULHERES NO CAMPO DE MARTE: UM ESTUDO SOBRE O HABITUS DE GÊNERO NA OFICIALIDADE DO EXERCITO BRASILEIRO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): JULIO CESAR GOMES

Colaborador(es):  MARIA ALICE REZENDE DE CARVALHO - Orientador
SONIA MARIA GIACOMINI - Coorientador
Número do Conteúdo: 37765
Catalogação:  16/04/2019 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=37765@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=37765@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.37765

Resumo:
A questão de gênero constitui-se como uma dimensão relevante da sociedade contemporânea, sendo considerada atualmente como um processo complexo e multifacetado de construção das identidades individuais e coletivas. Nesse sentido, torna-se pertinente abordar a categoria de gênero em relação às instituições militares brasileiras, que sempre foram espaços tradicionalmente masculinos, onde políticas de ação afirmativa, relativamente recentes, impuseram a presença feminina em alguns quadros de caráter técnico, impondo, somente a partir da Lei n 12705, de 08 de agosto de 2012, a inserção das mulheres na linha bélica, como combatentes, em condições e níveis de acesso a serem determinados pelas Forças Armadas. A inserção das mulheres na linha bélica complementa um movimento mais amplo de integração das Forças Armadas à sociedade brasileira. Nessa perspectiva, este trabalho pretende investigar um aspecto ainda não devidamente explorado pelos pesquisadores do campo militar: a contribuição da mulher militar no processo de diluição das fronteiras entre a corporação militar e a sociedade civil brasileira. Para tal, este estudo realizou um SURVEY sobre a presença feminina no Exército, caracterizando aspectos socioprofissionais de oficiais homens e mulheres militares, além das diversas facetas do seu habitus de gênero, que incluem atitudes em relação a temas de cunho político, da vida privada e da inserção da mulher na linha bélica, juntamente com entrevistas, com oficiais instrutores dos cursos de quadros, armas e serviços da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), enfatizando aspectos diversos de seu habitus de gênero, que aprofundam os temas abordados no SURVEY.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO, LISTAS, EPÍGRAFE  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXO  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui