INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: EGO-HISTÓRIAS: REPERTÓRIOS TEÓRICOS ALTERNATIVOS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): FLAVIA PINTO LEIROZ

Colaborador(es):  HEIDRUN FRIEDEL KRIEGER OLINTO DE OLIVEIRA - Orientador
Número do Conteúdo: 37512
Catalogação:  28/03/2019 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=37512@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=37512@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.37512

Resumo:
A tese Ego-histórias: repertórios teóricos alternativos, dedicada à investigação de novos discursos autobiográficos situados nos limiares entre historiografia, biografia e ficção, tem por objetivo a construção de ferramentas teóricas a partir da análise crítica de quadros conceituais vigentes. Na ótica de novas questões, são tematizadas e reavaliadas, de um lado, posições tradicionais ancoradas na unidade do sujeito, na autenticidade de sua fala e na ilusão referencial, legitimadas pela oposição dicotômica de pares conceituais, como real/ficcional, autenticidade/encenação, sujeito/objeto. Por outro lado, são oferecidos modelos analíticos e estratégias descritivas que permitem entender a escrita autobiográfica atual como gênero híbrido, de configuração plural, que desafia pactos autobiográficos fundados sobre a identidade entre as instâncias autoral, narrativa e ficcional. Os próprios processos autorreflexivos subjacentes à escrita de si são problematizados à luz de novas convicções epistemológicas construtivistas (S. SCHMIDT; H. MATURANA) e de molduras sistêmicas entendidas como catalisadores de complexidade. No horizonte dessas concepções, são discutidas, entre outras, formas de autoanálise (P. BOURDIEU) e projetos autobiográficos (E. SAID) convergindo ambos na produção de ego-histórias responsáveis pela transformação de teorias em narrativa e permitindo aos teóricos a fusão entre observador e objeto observado, baseada no conceito de observação de segunda ordem. Desse modo, são ensaiados novos vínculos entre suas ideias particulares e a inserção delas no contexto contemporâneo que escapam a relações tradicionais de causalidade e acentuam a responsabilidade dos próprios produtores. Em perspectiva paralela, é analisada a relação entre corpo e escrita e entre emoção e experiência, vigorosamente presentes e ressonantes como propostas conceituais que não perdem sua força interpelativa pela transformação em meras abstrações filosóficas, mas exibem seu poder pela opção construtora de uma vida no mundo. Em seu conjunto, a tese representa uma contribuição inovadora para a construção de repertórios teóricos alternativos que permitem elaborar um saber adequado às novas configurações de escritos autobiográficos.

Descrição Arquivo
CAPA, DEDICATÓRIA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui