INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: ADOÇÃO TARDIA: A CONSTRUÇÃO DE UMA NOVA HISTÓRIA DE VIDA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): SANDRA REGINA SALDANHA QUEIROZ

Colaborador(es):  TEREZINHA FERES CARNEIRO - Orientador
Número do Conteúdo: 37468
Catalogação:  25/03/2019 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=37468@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=37468@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.37468

Resumo:
A adoção tardia de uma criança é um processo complexo que suscita sentimentos ambíguos, tais como amor, desconfiança, preconceito, insegurança, medo, frustração e realização plena. O presente trabalho tem como objetivo investigar as implicações envolvidas no processo da adoção tardia, tanto no que diz respeito a pais adotantes quanto a crianças adotivas. A coleta de dados para a elaboração dessa pesquisa foi feita com a participação de três mães adotantes, três pais adotantes e três filhos adotivos, no estado do Rio de Janeiro, entre os anos de 2009 e 2010. Os filhos adotivos tinham entre 6 e 14 anos na época de sua adoção. Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com as mães, os pais e os filhos, não havendo entre os participantes nenhuma relação de parentesco. A partir da técnica de análise de conteúdo, os dados foram agrupados em 5 categorias, assim nomeadas: 1) a motivação dos pais para adotar; 2) o preconceito na adoção; 3) o processo jurídico na adoção; 4) a importância dos grupos à adoção; 5) a criança na nova família. Constatou-se que, em todos os casos de adoção, a motivação preponderante foi a esterilidade de um dos membros do casal. Em princípio, todos desejavam adotar um bebê recém-nascido e, no decorrer do processo, devido à dificuldade de encontrar crianças com esse perfil, optaram pela adoção de crianças maiores. A esperança de uma realização plena que envolve o primeiro momento na busca de uma adoção sofre um impacto que, diante das dificuldades que se apresentam, assim como diante da criança real, muitas vezes frustra essa expectativa inicial. A maioria dos entrevistados, declarou ter recebido o apoio de toda a família na decisão de adotar um filho, ainda que, tenha havido manifestação de preconceito por pessoas de seu meio social. Conclui-se que, para os pais e mães adotantes assim como para os filhos adotivos, o estabelecimento do vínculo afetivo-familiar não ocorre de imediato. Há que se percorrer um longo caminho buscando constituir um futuro sólido nessa relação sem, contudo, esquecer-se do passado da criança que não pode ser apagado. A verdade é o alicerce sobre o qual se erguerá uma relação sólida entre pais e filhos. Os grupos de apoio funcionam como elemento facilitador para a construção dessa relação.

Descrição Arquivo
CAPA, DEDICATÓRIA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui