$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: ESPELHO, ESPELHO MEU?: NARRATIVAS AUDIOVISUAIS ACERCA DAS JUVENTUDES E RELAÇÕES JUVENIS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): CARLA SILVA MACHADO

Colaborador(es):  ROSALIA MARIA DUARTE - Orientador
Número do Conteúdo: 36711
Catalogação:  11/02/2019 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=36711@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=36711@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.36711

Resumo:
Esta tese discute as relações entre juventudes e audiovisual. Foram analisadas as relações de jovens da periferia de Juiz de Fora com os filmes que assistem, usando os diversos suportes. Nesse sentido, foram selecionados filmes de grandes bilheterias que possuíam jovens como protagonistas. Os filmes selecionados foram visualizados por jovens estudantes de uma escola municipal de bairro periférico da cidade de Juiz de Fora-MG, em oficinas nas quais eram propostas atividades empíricas que objetivavam entender a relação deles com os filmes vistos. O material produzido na pesquisa de campo – áudios, textos, desenhos, vídeos – foi analisado com auxílio do software Atlas TI e à luz do referencial teórico-metodológico que trata da análise de conteúdo, considerando as relações entre comunicação, poder, indústria cultural, juventudes e escola. Os estudos do grupo de Comunicação Latino-americanos embasam os conceitos desta tese, assim como os estudos de juventudes, desenvolvidos por grupos de pesquisa e observatórios da juventude da Universidade Federal de Minas Gerais e Universidade Federal Fluminense. Os resultados apontam para a forte influência dos filmes estadunidenses no cotidiano do grupo pesquisado, além disso, a relação desses jovens com os super-heróis ficou bastante evidenciada, e ainda, a necessidade de que a escola participe da formação estética audiovisual deles.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui