INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: ANDARILHOS CONTEMPORÂNEOS EM BELÉM, A METRÓPOLE DA AMAZÔNIA: CONSUMO, JUVENTUDES E SOCIABILIDADE NA ERA DOS SHOPPING CENTERS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): IZABELA JATENE DE SOUZA

Colaborador(es):  MARIA SARAH DA SILVA TELLES - Orientador
MARIA ISABEL MENDES DE ALMEIDA - Coorientador
Catalogação:  24/01/2019 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=36271@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=36271@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.36271

Resumo:
Desde o século XIX Belém teve espaços de sociabilidade, onde as relações de consumo se traduziam de maneira muito nítida. Com o desenvolvimento da cidade e seu processo de urbanização, a coexistência de pobreza e riqueza configuraram a Região Metropolitana de Belém, consequências do processo de integração da Amazônia ao chamado Espaço Nacional. Os Shoppings Centers são identificados pelos jovens como um dos principais espaços para o exercício de sua sociabilidade e de relações de consumo, em que seus finais de semanas são intensamente vividos no interior e nas escadarias dos Shoppings. Observando o comportamento dos jovens nos quatro maiores Shoppings de Belém - Pátio Belém, Castanheira, Boulevard e Parque Shopping-, foi possível perceber quais desses os jovens tinham maior idenditade e por isso os escolhiam para frequentar e porque. Declaradamente a escolha juvenil foi pelos Shopings Castanheira e Boulevard, nos quais um comportamento era muito presente em ambos, o fato dos jovens andarem...andarem...andarem...estava diante de andarilhoS contemporâneos que exercitavam sua sociabilidade demarcando seus espaços na cidade de Belém, em Shoppings declarados pelos mesmos como de rico e de pobre, onde espaços se definiram como consequências da desigualdade. A observação participante permitiu uma imersão extremamente rica, pois a vivência nos espaços trouxe expressões, captadas com a linguagem gestual, risos e falas espontâneas, fundamentais para percepção do jogo identitário entre os jovens. Ao longo de 18 meses, foram realizadas 55 entrevistas, com roteiro previamente elaborado. O resultado da vivência socioantropológica nos Shopping Boulevard e Castanheira declaram universos distintos, onde o consumo popular e a convivência com as marcas falsificadas aparecem junto aos estereótipos criados pelos próprios jovens.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui