$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: REINSERÇÃO FAMILIAR OU ENTREGA DOMICILIAR?: ANÁLISE DOS OBSTÁCULOS EXISTENTES PARA VIABILIZAÇÃO DA REINSERÇÃO FAMILIAR ATRAVÉS DE UM ESTUDO DE CASO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): ANDREA JUSTINIANO SILVA

Colaborador(es):  ANTONIO CARLOS DE OLIVEIRA - Orientador
Número do Conteúdo: 36155
Catalogação:  17/01/2019 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  MONOGRAFIA DE ESPECIALIZAÇÃO
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=36155@1
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.36155

Resumo:
O trabalho de conclusão da pós-graduação tem como unidade de análise específica, a reinserção familiar de adolescentes institucionalizados no município do Rio de Janeiro como um processo violento através de um estudo de caso. Os sujeitos representativos na pesquisa são os adolescentes e famílias em situação de maior vulnerabilidade social no município do Rio de Janeiro que estão em processo de desligamento institucional. Busca-se pontuar os obstáculos existentes para viabilização do retorno ao lar através de um estudo de caso e como esse procedimento pode ser um processo extremamente violento. Para isso, analisa-se a categoria violência doméstica, assim como, se centralidade da família, como proposto pela Constituição federal de 1988, Política Nacional de Assistência Social e Sistema Único de Assistência Social, é uma estratégia objetivando reforçar a tendência em continuar culpabilizando à família como responsável por sua situação precária ou se é um importante instrumento para enfatizar sua condição de totalmente abandonada e desrespeitada pelas políticas sociais públicas, sobretudo, pelo Estado. O objetivo geral consiste em analisar até que ponto, sob a lógica do sistema capitalista, é possível a inserção dos jovens aos seus vínculos familiares e comunitários objetivando o desligamento institucional, ou se tal procedimento não passa de processo violento representado por uma mera entrega domiciliar, já que, as políticas sociais existentes, assim como, o Estado não oferecem as oportunidades, facilidades e condições objetivas em todas as esferas da vida social para reverter à condição de vulnerabilidade e, consequentemente, a concretização de tal procedimento. Os objetivos específicos são: analisar a categoria violência doméstica; analisar a categoria reinserção familiar; refletir sobre a possibilidade de tal inserção em uma sociedade sob a lógica do sistema capitalista; verificar até que ponto o retorno ao lar pode ser alcançado em tempos de projeto de estado neoliberal; analisar a gestão da Secretaria Municipal de Assistência Social do Rio de Janeiro referente aos programas e projetos direcionados as famílias que estão prestes a efetuarem o desligamento institucional de seus filhos; e fornecer subsídios para elaboração de propostas para novas formas de enfrentamento e, sobretudo, recolocar o debate acerca da família e juventude como prioridade política do país. O desenho metodológico escolhido pode obter elementos de ordem tanto qualitativa quanto quantitativa, por entender que toda e qualquer metodologia, deve possuir um caráter aberto, isto é, ser constituído por diferentes desenhos e diferentes técnicas de coleta de informações. Desta forma, esta proposta de estudo divide-se em três etapas: A primeira consistirá numa criteriosa revisão bibliográfica da documentação já utilizada sobre o objeto de estudo, através do aporte e da análise de distintas abordagens sobre a questão: documentos elaborados pela Secretaria de Municipal de Assistência Social-RJ quanto à gestão e financiamento referente às políticas, programas e projetos direcionados aos jovens e suas famílias; estudos referentes às propostas desencadeadas pelos diferentes atores sociais e fóruns de debates sobre a política de atendimento aos adolescentes em situação de vulnerabilidade; consulta à legislação vigente; leitura de todos os registros e documentação técnica produzida pela equipe do abrigo escolhido como unidade de análise específica e, sobretudo, revisão das observações contidas em Diário de Campo decorrente das visitas ao abrigo. Ressalta-se que a pesquisa nele exposta, tem como ponto de partida a experiência de estágio desenvolvida no Centro de Acolhimento Taiguara - SMAS-RJ, abrigo com capacidade de atendimento para vinte adolescentes do sexo masculino e feminino, com idade entre 13 e 17 anos e 11 meses.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui