$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: BAGUNÇANDO AS TEMPORALIDADES: OS DIFUSOS DESENHOS TEMPORAIS DA CATEGORIA (EX-) CRIANÇA SOLDADO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): ELIZA MARTINELLI

Colaborador(es):  MARTA REGINA FERNANDEZ Y GARCIA MORENO - Orientador
JANA TABAK - Coorientador
Número do Conteúdo: 35808
Catalogação:  10/12/2018 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=35808@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=35808@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.35808

Resumo:
O principal objetivo deste trabalho é discutir e problematizar o modo como a categoria ex-criança soldado vem sendo formada e projetada dentre os discursos do trauma e da resiliência que traduzem o seu prefixo temporal ex por meio certos esquecimentos (temporais e subjetivos) e superação. Desse modo, o ideal para a reintegração social bem-sucedida das ex-crianças soldado está inscrito na possibilidade de superação do passado militar e na projeção de um futuro estável. Além disso, penso ser a relação desta produção temporal entre passado militar traumático e futuro do sujeito resiliente para ex-criança soldado que revela as construções do entendimento de sua categoria no presente como em uma posição de espera. Espera no sentido tanto de aguardo (da criança que espera pertencer ao mundo adulto) quanto de esperança (da ex-criança soldado que espera ser resiliente). De outro lado, questionando a produção do tempo como linear, junto com a relação, essencialmente, opositora entre os discursos do trauma e da resiliência, pretendo refletir sobre as (des)continuidades temporais entre a categoria (ex-) criança soldado, o envolvimento militar e o (pós-) conflito, que marcam seus desenhos temporais difusos. Assim, o parêntese que guarda o prefixo ex traduz uma forma de abranger as múltiplas temporalidades que coexistem nas histórias e estórias das (ex-) crianças soldado e bagunçam com a noção moderna da infância e do conflito armado. A categoria (ex-) criança soldado e sua posição temporal confusa, portanto, incomoda certos binarismos, como: adulto e criança; guerra e paz; público e privado, etc.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui