INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: FIOS QUE CONECTAM DOCÊNCIA E INFÂNCIA: O PAPEL DA EXPERIÊNCIA ESTÉTICA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE EDCAÇÃO INFANTIL
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LIVIA LARISSA DE LIMA LAGE

Colaborador(es):  ISABEL ALICE OSWALD MONTEIRO LELIS - Orientador
ALEXANDRA COELHO PENA - Coorientador
Número do Conteúdo: 35544
Catalogação:  08/11/2018 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=35544@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=35544@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.35544

Resumo:
A pesquisa tem como objetivo compreender aspectos do processo formativo de oito professores de Educação Infantil que buscam desenvolver práticas pedagógicas em coerência com concepções de crianças enquanto sujeitos de direitos, social e historicamente situados, competentes em suas formas múltiplas de interagir e produzir cultura. O quê, em suas trajetórias formativas, vem favorecendo a aproximação entre a docência e as especificidades das crianças? Análise de relatórios de avaliação das crianças e entrevistas com os professores foram as duas estratégias metodológicas utilizadas. Relatórios são instrumentos de avaliação considerados documentação pedagógica: como o olhar docente se constitui ao documentar o percurso de desenvolvimento e aprendizagem das crianças? O que os professores compartilham nesses documentos sobre suas percepções das crianças? Analisando o documento como monumento, conforme sugere Jaques Le Goff (1996), verifico que os relatórios ora monumentalizam as culturas escolares, ora as culturas infantis, apontando para a coexistência tensionada de ambas perspectivas nas instituições de Educação Infantil. As análises revelam que as premissas institucionais e as condições de trabalho interferem de maneira relevante na produção dos relatórios. Já as narrativas docentes que emergiram das entrevistas referem-se à formação de maneira ampla, envolvendo experiências diversificadas: pessoais e profissionais. A dimensão pessoal, relacional e experiencial da docência e dos saberes docentes sobressaem como aspectos fundamentais da formação de determinada profissionalidade sensível à infância, que não se encerra em conhecimentos acadêmico-científicos e demanda, também, processos formativos que mobilizam a pessoa integralmente, nutrem e sensibilizam às linguagens da infância, apontando para a essencialidade das experiências estéticas na formação desses professores de Educação Infantil.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui