INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: O CORPO E AS MANIFESTAÇÕES INFANTIS NA ESCOLA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): JESSICA RIBEIRO CARNEVALE

Colaborador(es):  MARIA LEONOR PIO BORGES DE TOLEDO - Orientador
Número do Conteúdo: 35376
Catalogação:  11/10/2018 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  MONOGRAFIA DE ESPECIALIZAÇÃO
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=35376@1
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.35376

Resumo:
Esta monografia aborda o tema do corpo e as manifestações infantis nos espaços escolares. Um de seus objetivos é fazer uma contextualização histórica dos corpos infantis fazendo referência, entre outros importantes teóricos, a Michel Foucault com o conceito de docilização dos corpos, e a Henri Wallon, que discute a relação entre ato motor e pensamento no processo de desenvolvimento infantil. Nesse contexto, realizo uma crítica sobre a urgência de criarmos condições para que as crianças possam se expressar através dos seus corpos entendendo essa manifestação como sua principal linguagem na tenra infância. O campo empírico desse estudo foi realizado durante cinco semanas em uma escola particular da zona sul da cidade do Rio de Janeiro. As análises proporcionaram a reflexão sobre uma relação dialógica entre crianças e adultos, valorizando a expressão corporal infantil ressaltando a importância do professor dar visibilidade às expressões das crianças de modo a contribuir para sua aprendizagem significativa por meio de experiências buscando uma ruptura das práticas corporais repressoras que são encontradas em diversas instituições escolares devido às concepções de infância obsoletas.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui