INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: A VIDA SEM PAUSAS: UM ESTUDO SOBRE A EXPERIÊNCIA DO TEMPO LIVRE DA MULHER CONTEMPORÂNEA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): TATIANA CHARPINEL PEREIRA D ELIA

Colaborador(es):  TEREZINHA FERES CARNEIRO - Orientador
Número do Conteúdo: 35185
Catalogação:  21/09/2018 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=35185@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=35185@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.35185

Resumo:
A centralidade do trabalho nas sociedades contemporâneas tornou a experiência do tempo acelerada, afetando os momentos de lazer e ócio, necessários ao equilíbrio do organismo e ao bem-estar. A mulher atual, embora inserida no mercado de trabalho, ainda é a principal responsável pelos cuidados com os filhos e com a casa. Seu tempo livre é reduzido, frequentemente destinado ao cumprimento de tarefas pendentes ou ao lazer em família. Esse lazer empobrecido ou fragmentado por atividades de trabalho não se revela satisfatório, favorecendo o surgimento de ansiedade, preocupação e frustração. Com o objetivo de investigar a qualidade do tempo livre da mulher que é mãe e possui trabalho remunerado, realizamos um estudo com vinte mulheres das camadas médias da cidade do Rio de Janeiro. Dos relatos obtidos, quatro temas principais emergiram, envolvendo: o tempo para si; o tempo do outro; gênero e o direito ao lazer; e a relação entre ócio e sentido. O aumento das necessidades de consumo, que leva as mulheres a dedicar muitas horas diárias ao trabalho remunerado, e seu forte comprometimento com o papel de mães dificultam o desfrute de tempos para si, o que repercute negativamente no seu bem-estar e saúde. Além disso, seu pouco tempo de lazer é frequentemente utilizado em atividades de cuidados pessoais, especialmente voltadas para o embelezamento, que também são, de certo modo, obrigatórias, não fornecendo, assim, os benefícios esperados de um tempo realmente livre.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui