INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: MORRER EM EL SALVADOR: A VIDA DAS ESTATÍSTICAS DE HOMICÍDIO E A TRÉGUA ENTRE AS PANDILLAS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): PEDRO DOS SANTOS MAIA

Colaborador(es):  MAIRA SIMAN GOMES - Orientador
BRUNO EDUARDO PORTELA BORGES DE MAGALHAES - Coorientador
Número do Conteúdo: 35017
Catalogação:  05/09/2018 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=35017@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=35017@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.35017

Resumo:
Esse trabalho aborda um processo de trégua estabelecido entre grupos criminosos em El Salvador, comumente chamados de pandillas. A partir de um arcabouço conceitual especifico e um repositório de métodos ligados à abordagem da Teoria Ator-Rede, esse trabalho seguirá algumas controvérsias desse processo da trégua associadas ao cumprimento do acordo, à estabilização do seu começo, final e à determinação de seu sucesso ou fracasso. Para tanto, seguiremos como os números mensais de homicídio, produzidos pelo Instituto Médico Legal do país, participam dessas tensões e atuam organizando versões distintas desse evento. Ao fazer isso, somos deslocados para caminhos, agências e atores que participam da vida dos números e, dessa forma, da encenação das versões da trégua. Nesse sentido, elementos que acabam sendo naturalizados, e até esquecidos, se tornam o foco da minha análise. Assim, essa dissertação busca expandir o corpo da literatura sobre a trégua, ao mesmo tempo em que visa ampliar os horizontes dos conhecimentos disciplinares atentos para a convergência entre números e situações de violência.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui