$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: EIS VOCÊ: A ASTROLOGIA COMO SISTEMA DE COERÊNCIA NA CONSTRUÇÃO DE PEQUENAS E GRANDES NARRATIVAS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): MILENA LEPSCH DA COSTA

Colaborador(es):  LIANA DE ANDRADE BIAR - Orientador
Número do Conteúdo: 34797
Catalogação:  16/08/2018 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=34797@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=34797@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.34797

Resumo:
Na modernidade, em que as relações são definidas como líquidas (BAUMAN, 2005), este trabalho procura entender, a partir da análise narrativa (BASTOS; BIAR, 2015), a popularidade/produtividade do sistema de crença da astrologia, especialmente na construção de um discurso essencializante sobre a identidade. Para isso, apresento 22 entrevistas de pesquisa (MISHLER, 1986) sobre o tema, realizadas com estudantes da PUC-Rio no período de 2016 a 2017 nas quais emerge uma considerável quantidade de pequenas histórias e histórias de vida (LINDE, 1993), aqui analisadas qualitativa e interpretativamente. Compreendo a narrativa como um importante instrumento para a construção de sentido no mundo social (BASTOS; BIAR, 2015) e para a formação de identidades autobiográficas (BRUNER, 1990; MOITA LOPES, 2001). Nestes termos, observo quais estratégias discursivas os entrevistados utilizam-se para construir histórias sobre si/outros, esforçando-se para apresentarem-se da melhor forma possível neste teatro (GOFFMAN, 1980, 2002 (1959), 2011 (1967), 2013 (1979)) que é a entrevista de pesquisa. Nota-se que muitas dessas histórias são costuradas a partir do sistema de coerência da astrologia (LINDE,1993). Isto é, os entrevistados constroem accounts (DE FINA, 2009) ou relações de causa e efeito, com o objetivo de reivindicar certo assujeitamento (BLOCK, 2012) no discurso, especialmente para comportamentos considerados socialmente negativos. Desse modo, os signos, ao livrarem seus narradores de agência, atuam no trabalho de face (GOFFMAN, 2011(1967)), colaborando para uma apresentação favorável dos entrevistados.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui