INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: O INGLÊS À FLOR DA PELE: INVESTIGANDO A CONSTRUÇÃO DISCURSIVA DAS EXPERIÊNCIAS AFETIVAS EM TRAJETÓRIAS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA INGLESA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): DIEGO CANDIDO ABREU

Colaborador(es):  ADRIANA NOGUEIRA ACCIOLY NOBREGA - Orientador
Número do Conteúdo: 34564
Catalogação:  25/07/2018 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=34564@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=34564@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.34564

Resumo:
O presente trabalho tem como objetivo principal a geração de entendimentos sobre o(s) papel(eis) desempenhado(s) pelas emoções – ou, mais precisamente, pelas experiências emotivas - no processo de aprendizagem de língua inglesa, tendo como plataforma analítica a construção discursiva dessas experiências afetivas no solo da prática interacional. Visando subsidiar tal investigação, teço um diálogo entre a Psicologia de inclinação sócio-histórica (VYGOTSKY, 1994; AVERILL, 1985), a Psicologia Discursiva (WETHERELL, 1998) e a Linguística Aplicada (MOITA LOPES, 2006). Como ferramental de análise do corpus investigado, articulo o instrumental teórico-analítico da Linguística Sistêmico-Funcional (HALLIDAY, 1994) em seu diálogo com o Sistema de Avaliatividade (MARTIN; WHITE, 2005) com o modelo estruturante das narrativas proposto por Labov (1972). No que tange aos expedientes teórico-metodológicos que balizam esta pesquisa, me ancoro em uma visão (inter-)subjetivista e dialógica do processo de construção de conhecimento, sistematizada teoricamente no edifício da Epistemologia Qualitativa (GONZALEZ-REY, 1997). Foram realizadas três entrevistas em formato semiestruturado, cujo eixo temático centrava-se nas experiências dos participantes com a língua inglesa. As análises desses dados sugerem que, tal qual a inter-relação entre afeto e experiência preconizada por Vygotsky (2001), os expedientes avaliativos que saturam os excertos discursivos observados orientam o processo de construção discursiva das experiências emocionais, instituindo os balizamentos sobre os quais as narrativas iluminadas são erigidas.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui