INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: ECOVILA COMO ALTERNATIVA NO MUNDO CONTEMPORÂNEO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): ANA LUIZA RODRIGUES DE BRITTO

Colaborador(es):  FERNANDO ESPOSITO GALARCE - Orientador
Catalogação:  03/07/2018 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=34301@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=34301@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.34301

Resumo:
O trabalho busca observar e analisar as ecovilas como uma forma diferenciada de assentamento humano sustentável, de caráter comunitário, de respeito à natureza e a favor da renovação e maior significância das relações sociais, propondo a hipótese de que a mesma compõe um conjunto de ações de alternativas frente ao cenário atual, fragilizado social e ambientalmente. Para tal fim, a ecovila é estudada e também observada empiricamente, com o objetivo de compreender seus preceitos, sua forma de organização e seu funcionamento na prática. E apesar de representar uma realidade vigente, é importante observar esta proposta dentro de uma reunião de outras experiências significativas caracterizadas pela vida em comunidade na história recente – tais como falanstério, familistério, kibutz, comunidades hippies, Cidade Jardim, cohousing e a Cidade Aberta de Amereida. Algumas destas expressões tiveram certa relevância histórica, enquanto outras, como o kibutz, a cohousing e a Cidade Aberta, são expressões ainda vigentes, de menor impacto global, mas ainda assim de interesse para este estudo por conta de suas características. Este resgate é proposto para apresentar tais alternativas e suas contribuições práticas quanto ao estímulo de vida comunitária frente ao padrão dominante de vivência pautado pela sociedade de consumo. A partir do entendimento dos experimentos passados, preceitos teóricos de ecovila e do trabalho de campo, é possível compreender mais adequadamente as proposições da ecovila, assim como constatar que a mesma retrata somente mais uma das demais alternativas já propostas pelo ser humano, se constituindo então como uma das possibilidades de mudança no momento atual de crise ambiental.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui