INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: ENTRE PLANOS E FUGAS: NARRANDO HISTÓRIAS DA RELAÇÃO CORPO-CIDADE NO RIO DE JANEIRO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LAIS DE OLIVEIRA RAMALHO

Colaborador(es):  ISABEL ROCHA DE SIQUEIRA - Orientador
Catalogação:  28/05/2018 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=34038@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=34038@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.34038

Resumo:
Em um mundo que, pouco a pouco, é dominado pela urbanização, observar a realidade citadina significa observar de perto a vida da maior parte dos habitantes do planeta. Nas Relações Internacionais, esse movimento é algo que Matt Davies chama de encontrar o internacional no everyday (2016, p.2). Este trabalho observa a cidade do Rio de Janeiro como laboratório de análise das desigualdades, exclusões e marginalizações comumente manifestadas no espaço urbano. Levando em conta as especificidades do Rio de Janeiro como cidade pós-colonial, e o papel outrora conferido ao planejamento urbano como instrumento do aperfeiçoamento da ordem social, este trabalho investiga as contínuas negociações, brandas ou fortes, entre conformações e rupturas, dos indivíduos com as formas e normas da cidade. Partindo do ponto de vista de alguns dos grupos marginalizados no Rio de Janeiro, através de uma metodologia de standpoint e da narrativa de estórias, busca-se ressaltar as insuficiências do planejamento urbano frente à complexidade do everyday carioca e discutir sua tendência de criar fronteiras que delimitam acessos condicionados à cidade baseados em fatores como raça, gênero e classe socioeconômica.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui