$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: STUDYING FATIGUE CRACK GROWTH ON LOW CARBON STEEL SPECIMENS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): GABRIELA CARDOSO COSTA SERTA

Colaborador(es):  JAIME TUPIASSU PINHO DE CASTRO - Orientador
Número do Conteúdo: 33145
Catalogação:  28/02/2018 Idioma(s):  PORTUGUESE - BRAZIL

Tipo:  TEXT Subtipo:  MONOGRAPH
Natureza:  SCHOLARLY PUBLICATION
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=33145@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=33145@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.33145

Resumo:
Crack growth rate as a function of stress intensity factor range characterizes a material s resistance to crack extension under cyclic loading. Crack growth may eventually cause fracture which justifies the importance of this study in order to conceive well dimensioned structures. When this type of default is detected, it is necessary to be able to quantify it s damage and risk. Therefore, the purpose of this research was to get in contact with the theory behind fatigue crack growth and corroborate it by completion of practical tests in the laboratory. In this project, crack growth rates were measured on low carbon steel, more specifically AISI 1020 carbon steel, thanks to its excellent properties, low price and importance in the world economy nowadays. It is proven that cracks have more chances of initiating in regions where stress concentration is present. This may be due to inclusions or holes in the microstructure of the material, sharpened ends, notches or variations in the geometry of a structure. Sometimes, when a material is very resistant, high stress concentrations can actually be benefic to the structure and cause crack growth to stop. In order to take all these factors into account in the study of crack growth on low carbon steels, DC(T) specimens were machined with a Straight Thru notch, guaranteeing crack initiation when submitted to cyclic constant amplitude loading.

Descrição Arquivo
COMPLETE  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui