INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: METABOLISMO SOCIAL EM UMA INDÚSTRIA DE LATICÍNIOS NA ZONA RURAL DE VISCONDE DE MAUÁ (RJ)
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LUIZA MOURA FARIA

Colaborador(es):  ROGERIO RIBEIRO DE OLIVEIRA - Orientador
Número do Conteúdo: 32951
Catalogação:  07/02/2018 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=32951@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=32951@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.32951

Resumo:
Esta pesquisa busca analisar o processo de excreção da atividade de uma pequena fábrica em Visconde de Mauá (RJ), sob perspectiva do conceito Metabolismo Social. O conceito propõe uma analogia do processo metabólico biológico de um organismo vivo e os sistemas sociais. Os organismos mantêm um fluxo contínuo de matéria e energia com o meio ambiente para garantir seu funcionamento, crescimento e reprodução. Igualmente, os sistemas sociais convertem energia e matérias em produtos, serviços e, finalmente, em resíduos. A pesquisa foi distribuída em duas etapas, a primeira parte de um estudo bibliográfico sobre o conceito e aplicações do Metabolismo Social. Na segunda etapa foi composta pelo levantamento do percurso histórico da região Visconde de Mauá e uma análise do processo de excreção da pequena fábrica de laticínios, baseado em uma entrevista a nível gerencial e operacional, e visita à base industrial. O estudo identificou os principais resíduos e riscos ambientais relacionados ao processamento de laticínios na pequena fábrica. O soro excedente foi o efluente com maior risco de contaminação, quando descartado de forma inadequada, devido à alta carga de DBO (demanda bioquímica de oxigênio). Com base na pesquisa, foi projetado um plano de controle e mitigação para efluentes líquidos, resíduos sólidos e emissões de gases durante o ciclo de produção, desde a fase de apropriação de insumos até o consumo final dos produtos. Espera-se que a partir da aplicação das medidas propostas, o processo de excreção da fábrica se torne menos intensivo gerando benefícios no âmbito social, econômico e ambiental.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui