$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: URBAN LANDSCAPE, MENTAL MAPS AND SITUACIONISTS PSICOGEOGRAPHY: CASE OF STUDY: AN EXPERIENCE IN PARQUE DAS MISSÕES, DUQUE DE CAXIAS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): MARIA EUGENIA NICO

Colaborador(es):  RAFAEL SOARES GONÇALVES - Orientador
Número do Conteúdo: 31708
Catalogação:  09/10/2017 Idioma(s):  PORTUGUESE - BRAZIL

Tipo:  TEXT Subtipo:  THESIS
Natureza:  SCHOLARLY PUBLICATION
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=31708@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=31708@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.31708

Resumo:
Referring to sustainable cities seems to be conceivable in a model or paradigm which recognizes the importance of including in our practices a continuous reflection of the different impacts in life conditions of all the inhabitants of our territory. If urban planner s aim is projecting spaces that transform positively how people experience the question is how it could be possible to comprehend inhabitants perception and how this could affect their participation as active citizens. In the actual world in which neoliberalism ethic of an intense individualism, which wants everything for it and can transform in a socialization model of human personality (Harvey, 2014, p.47) ideals of urban identity, citizenship and belonging turn into a more difficult way to feed into. This work inscribes under the debate about social participation development and presents this topic as an inherent condition for sustainability cities. In Brazil, since the guidelines which express social function of urban propriety in the urban plan of 1988, the approval of the Estatuto da cidade in 2001 and the inscription in the law of several participation instrument mechanisms, the space has been open for the local population to participate in the urban development at different scales. The general objective of this work is to explore mental maps as an opportunity to inhabitants express themselves in order to understand the different perceptions in a city and the connection with the geographical environment as a way of comprehending it s linking with urban participation. Connected with this general objective, in each chapter the following goals were established.

Descrição Arquivo
COMPLETE  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui