$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: THE DYNAMICS OF DE SE THOUGHTS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): PEDRO HENRIQUE GOMES MUNIZ

Colaborador(es):  LUDOVIC SOUTIF - Orientador
Número do Conteúdo: 31525
Catalogação:  22/09/2017 Idioma(s):  ENGLISH - UNITED STATES

Tipo:  TEXT Subtipo:  THESIS
Natureza:  SCHOLARLY PUBLICATION
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=31525@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=31525@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.31525

Resumo:
The overall aim of this work is to show that we need to account for the dynamics of de se or I-thoughts (or else, thoughts usually expressed by the use of the first-person pronoun) within the broader picture of a dynamist theory of mental acts - of the kind advocated by Dokic (2001). I argue that the move is necessary if we are to deal with the so-called problem of cognitive dynamics in such a way that the account be able to capture the distinguishing features of de se thoughts and related attitudes. The doctoral dissertation is divided into four main parts. In Chapter One I review the arguments in support of the claim that de se thoughts are special and irreducible to other kinds of thoughts - in particular, de re and de dicto. Chapter Two tackles the issue of cognitive dynamics as originally put by Kaplan (1989) and discusses the extent to which it applies to de se thoughts qua indexical thoughts. Chapter Three considers some of the objections raised by de se skeptics (notably, Cappelen and Dever 2013) against the view that de se and essential indexicality on the whole are deep and interesting phenomena and tries to answer them. Chapter 4 shows that de se thoughts exhibit features not captured by a theory of indexicals. However, given that an account of their dynamics is still needed, I point toward the possibility of broadening the scope of the problem formulated by Kaplan for indexical thoughts. If the problem of cognitive dynamics, as I argue, outstrips indexical thoughts and concerns the unfolding of all intentional states over time, one might want to reformulate it as a problem of internal (mental) continuity. I conclude that a study of the conditions under which de se thinkings are entertained over time amounts to elaborating a (neo-Lockean) theory of personal identity.

Descrição Arquivo
COMPLETE  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui