INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: SOBRE A IMPORTÂNCIA DAS INTERAÇÕES NO DESENVOLVIMENTO DAS CRIANÇAS PEQUENAS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): NATHALIA DIACO VAHIA DE ABREU

Colaborador(es):  MARIA LEONOR PIO BORGES DE TOLEDO - Orientador
Número do Conteúdo: 30640
Catalogação:  21/07/2017 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  MONOGRAFIA DE ESPECIALIZAÇÃO
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=30640@1
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.30640

Resumo:
O presente trabalho pretende realizar uma reflexão acerca da importância das interações no desenvolvimento da criança. Serão destacadas as contribuições do psicólogo Vygotsky e do Sociólogo William Corsaro. Ambos autores valorizam o ambiente sociocultural e acreditam que o sujeito se constitui na relação com o outro. A criança é entendida como um ser ativo e produtor de cultura. Para que seja possível compreender a relevância desse estudo nos dias de hoje, apresentarei uma breve perspectiva histórica da concepção da infância, demonstrando o quanto a criança vem conquistando um lugar de destaque ao longo do tempo e o quanto isso permitiu uma mudança de postura da sociedade em relação à mesma. Essa mudança possibilitou, entre outras coisas, a aprovação das Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Infantil, que são sustentadas pelas concepções de Vygotsky e Corsaro, entre outros autores, e cujos eixos norteadores das práticas pedagógicas são as interações e a brincadeira. Elas determinaram mudanças significativas nas instituições voltadas para a educação infantil, que têm papel fundamental na promoção da interação. Por fim, farei uma breve reflexão sobre os problemas que ainda enfrentamos atualmente, mesmo após tantas conquistas no que diz respeito aos direitos das crianças.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui