INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: GESTÃO DE RESÍDUOS ELETROELETRÔNICOS: A CADEIA DE RECICLAGEM NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): VITOR BALUZ SABOYA DE ALBUQUERQUE

Colaborador(es):  TACIO MAURO PEREIRA DE CAMPOS - Orientador
Número do Conteúdo: 30245
Catalogação:  07/06/2017 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=30245@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=30245@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.30245

Resumo:
A gestão dos resíduos de equipamentos eletroeletrônicos é uma preocupação mundial hoje e desperta um movimento de regulamentação em vários países. Os fluxos transfronteiriços de componentes desses resíduos, tóxicos e ao mesmo tempo valiosos, estão movimentando uma grande cadeia internacional com a participação de agentes formais e informais. Do início ao fim, a cadeia de reciclagem de resíduos eletroeletrônicos tem o potencial de ser altamente impactante e com riscos que não compensam os benefícios. Porém, ela também pode ser segura e rentável, dependendo de como é gerida. Nesse sentido, a partir de investigações de campo, esse estudo analisou como os atores que atuam na cadeia de reciclagem desse tipo de resíduo no município do Rio de Janeiro estão relacionados entre si e como se articulam com a rede nacional e internacional, apontando os principais desafios, entraves e oportunidades para a implementação da Logísca Reversa de resíduos eletroeletrônicos no Brasil. Essa discussão foi feita sob a ótica da Política Nacional de Resíduos Sólidos e de seu Comitê Orientador, que publicou esse ano o edital para a apresentação da proposta de Acordo Setorial para a Logística Reversa de resíduos eletroeletrônicos. Portanto, após apresentarmos os desafios para uma economia circular que começa a absorver conceitos de eco-design, avaliação do ciclo de vida e responsabilidade ampliada do produtor, introduzimos os resíduos de equipamentos eletroeletrônicos nesse contexto e identificamos a dificuldade de implementação de um sistema de gestão eficiente para esses resíduos. Depois de percorrer diversos exemplos de modelos de gestão espalhados pelo mundo, foi realizada uma comparação com os conceitos e definições aplicados na Política Nacional de Resíduos Sólidos brasileira. Finalmente, abordamos os principais desafios, baseados na experiência encontrada no município do Rio de Janeiro que nos permitiu uma interpretação abrangente sobre os caminhos da gestão dos resíduos eletroeletrônicos no Brasil.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui