INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: MACHADO DE ASSIS E O PUGILATO DAS IDEIAS (1858-1878)
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): RENATO CESAR RIBEIRO CASIMIRO LOPES

Colaborador(es):  VERA LUCIA FOLLAIN DE FIGUEIREDO - Orientador
Número do Conteúdo: 30077
Catalogação:  24/05/2017 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=30077@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=30077@2
Referência [fr]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=30077@3
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.30077

Resumo:
Este estudo é uma tentativa de compreender Machado de Assis como um escritor engajado no debate em torno das questões que ocupavam o restrito círculo letrado do Brasil, que, na segunda metade do século XIX, tinha nos jornais seu principal espaço de atuação. Além disso, pretende-se verificar em que medida esse engajamento no debate público de ideias contribuiu para o amadurecimento intelectual e artístico do autor que, na década seguinte, seria reconhecido como um dos principais escritores de seu tempo. Com esse objetivo, realizou-se um levantamento da colaboração de Machado de Assis nas colunas por ele assinadas nos jornais do Rio de Janeiro, entre os anos de 1858 e 1878, período aqui considerado como de sua formação intelectual e artística. A leitura desses textos, em cotejo com as matérias noticiosas inseridas nos jornais da época, permitiu perceber que Machado de Assis se manteve atento aos acontecimentos, manifestando opiniões e juízos sobre a política do Império e também sobre as artes, sobretudo o teatro e a literatura, envolvendo-se em polêmicas com outros intelectuais, alguns mais influentes e mais experientes que ele. Esses textos revelam, ainda, que Machado de Assis refletiu de forma crítica sobre o ambiente cultural em que estava inserido, percebendo suas fragilidades e contradições, por ele atribuídas a uma tradição que contrastava com os projetos de modernização e com a atualização das conquistas de uma modernidade europeia. As colaborações periódicas nos jornais do Rio de Janeiro tornaram-se também espaço de experimentações e de arranjos retóricos, muitas vezes utilizados como recurso para superar as incompreensões e censuras a que estava exposta a atividade crítica. Nesse sentido, este estudo pretende ser uma contribuição para as reflexões em torno dos impasses e das possibilidades vivenciadas pelo intelectual e pelo artista face às limitações impostas à sua autonomia de pensar, criar e interferir na realidade.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui