INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: DESINFECÇÃO ACELERADA DE RIOS IMPACTADOS POR LANÇAMENTO DE ESGOTO: COMPARAÇÃO DO EMPREGO DO ÁCIDO PERACÉTICO E HIPOCLORITO DE SÓDIO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): RENATA MARIA DE LIRA

Colaborador(es):  LUIZ ALBERTO CESAR TEIXEIRA - Orientador
DENISE MARIA MANO PESSOA - Coorientador
Catalogação:  18/04/2017 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=29680@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=29680@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.29680

Resumo:
A poluição por esgoto sanitário em rios transporta carga microbiana com potencial de contaminação de áreas de recreação de contato primário e consequentes riscos de danos à saúde. A contaminação da água do mar e da areia na praia do Leblon (Rio de Janeiro/RJ), que ocorre em eventos de chuvas fortes que levam contaminação de esgoto à praia, ocorre pelo transbordo dos rios da Bacia Hidrográfica do sistema da Lagoa Rodrigo de Freitas (LRF), devido à abertura da comporta do canal da Avenida Visconde de Albuquerque. Nesse contexto, é de suma importância evitar que esta carga bacteriana chegue à água e areia da praia do Leblon. Estudos realizados no presente trabalho tiveram como objetivo desinfetar aceleradamente os corpos hídricos poluídos por esgoto com aplicação de Ácido Peracético (CH3CO3H) e hipoclorito de sódio (NaClO) comparativamente de modo a analisar a ação destes sobre a contagem de coliformes presentes, sempre levando em consideração a legislação ambiental brasileira vigente, de forma que o agente desinfetante aplicado não pode ultrapassar concentração letal para as espécies aquáticas dos rios que serão tratados. Foram avaliados os efeitos de diferentes doses (2,5 mg/L, 5,0 mg/L e 10,0 mg/L) dos dois tipos de desinfetantes sobre a contagem de coliformes ao longo do tempo. Previamente, as águas dos rios selecionados como objeto de estudo foram caracterizadas em seus principais parâmetros de qualidade. As análises foram executadas pelo método do Número Mais Provável. O estudo concluiu que com o Ácido Peracético a inativação de coliformes é mais rápida em menores dosagens (em média 2 minutos na concentração de 2,5 mg/L) quando comparado ao hipoclorito de sódio, que se mostrou também eficiente, porém em maiores concentrações e tempo de contato.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui