INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: SER PADRASTO EM FAMÍLIAS RECOMPOSTAS: OS DESAFIOS DA PLURIPARENTALIDADE
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): CAMILLE DE ANDRADE SARAIVA

Colaborador(es):  LIDIA LEVY DE ALVARENGA - Orientador
Número do Conteúdo: 28873
Catalogação:  27/01/2017 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=28873@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=28873@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.28873

Resumo:
Esta pesquisa teve como objetivo principal investigar a inserção dos padrastos no contexto familiar recomposto. Buscou-se analisar o lugar ocupado por estes e identificar as dificuldades enfrentadas para sua inclusão na dinâmica familiar. Na bibliografia pesquisada, a maior parte dos autores destaca as especificidades do recasamento e as dificuldades a serem enfrentadas pelo casal a partir do novo enlace conjugal, diante da complexidade da rede de relacionamentos familiares. Além disso, nos autores pesquisados foram evidenciadas duas formas antagônicas de funcionamento das famílias recompostas, que foram usadas como referência para a discussão dos dados da pesquisa qualitativa: a integração e a substituição. Na pesquisa de campo, foram realizadas entrevistas individuais semidirigidas com sete padrastos, residentes no Estado do Rio de Janeiro, na faixa etária de 29 a 60 anos, com tempo de convívio com seus enteados entre cinco e onze anos. Da análise qualitativa dos dados, verificou-se que, ou os padrastos podem atuar de forma a substituir o pai biológico, rivalizando com este; ou, de forma oposta, agir como figuras adicionais no contexto familiar, auxiliando pais e mães na tarefa de educar as crianças/adolescentes, sem maiores confrontos com a figura paterna. Constatou-se que os padrastos, apesar das singularidades de cada uma de suas famílias, enfrentam alguns impasses e dificuldades semelhantes. Desta forma, entende-se que cabe ao padrasto criar um espaço singular de atuação, evitando entrar em choque com as tarefas e funções dos demais membros da família. Espera-se que se estabeleça um espaço parental diverso, a fim de possibilitar o exercício de uma experiência pluriparental.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui