INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: O LUGAR DA ADOLESCENTE NA DINÂMICA DO ABUSO SEXUAL INTRAFAMILIAR
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): CATIA APARECIDA BRAGA MEIRA

Colaborador(es):  ANTONIO CARLOS DE OLIVEIRA - Orientador
Catalogação:  29/12/2016 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=28553@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=28553@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.28553

Resumo:
O presente estudo tem como objetivo a discussão do lugar da adolescente na dinâmica do abuso sexual intrafamiliar, perpetrado pelo pai ou por quem o represente afetivamente. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, realizada através da análise de oito casos, a partir de relatórios interdisciplinares elaborados pela equipe técnica responsável pela avaliação da alegação de abuso sexual e de entrevistas com estes profissionais. O material resultante da pesquisa de campo foi submetido à análise de conteúdo, em sua modalidade temática. Os resultados apontam predominantemente para famílias cujos lugares ocupados por seus integrantes possuem frágeis fronteiras, possibilitando que haja um emaranhado entre os subsistemas familiares, agravando as relações conflituosas ou distantes entre a adolescente e sua genitora, a iniciação do abuso sexual na fase da infância e a manutenção do sigilo por longo período até a adolescência.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui