$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: RELAÇÕES PORTO - CIDADE: REALIDADE E PERSPECTIVAS NO BRASIL
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): PABLO HUBER BRANCO MENDES

Colaborador(es):  CELSO ROMANEL - Orientador
MARCOS AURÉLIO VASCONCELOS DE FREITAS - Coorientador
Número do Conteúdo: 28149
Catalogação:  25/11/2016 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=28149@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=28149@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.28149

Resumo:
A relação porto-cidade é temática interessante de estudo para um melhor conhecimento da dinâmica do capital e do uso do solo nas cidades portuárias. Os estudos destas relações apontam para um paradoxo existente nas áreas portuárias, que acaba criando uma relação de grande potencial de desenvolvimento associado a uma espiral de obsolescência. Este trabalho passa por diversas etapas que permitiram um melhor entendimento do que são cidades globais e de como cidades portuárias atingem este status, na medida em que o desenvolvimento da navegação interoceânica foi determinante para que estas cidades se tornassem centros de cultura cosmopolita e globalizada. Esta pesquisa pretende discutir esta contradição com base na definição de como se estabelece a relação porto-cidade no Brasil e no exterior e na identificação das forças socioeconômicas, socioambientais e históricas que regem o surgimento, o crescimento e a manutenção das cidades portuárias modernas. Após revisão bibliográfica e a apresentação de casos práticos, foi constatado que os portos brasileiros se encontram ainda em moldes da operação portuária das décadas de 1960 a 1980 que, sem uma intervenção direta, continuarão a distanciar o caráter do porto da sua função urbana nas frentes históricas de litoral. O trabalho propõe a retomada de uma relação porto-cidade mais sustentável com base no estabelecimento de projetos em moldes participativos, em análises e avaliações ambientais mais amplas, incluindo as interfaces porto/ambiente, e na definição de seus escopos baseados nos conceitos de Paisagem Urbana Histórica, de Planejamento Urbano Sustentável e de Resiliência Urbana.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui