INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Formato DC



Título: EXAMES VIRTUAIS UTILIZANDO UM ALGORITIMO DE RAY CASTING ACELERADO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): RENATO FONTOURA DE GUSMAO CERQUEIRA

Colaborador(es):  ROBERTO IERUSALIMSCHY - Orientador
Número do Conteúdo: 2792
Catalogação:  30/07/2002 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=2792@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=2792@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.2792

Resumo:
Diferentes sistemas de componentes de software, tais como CORBA, COM e JavaBeans, apresentam diferentes modelos de objetos e sistemas de tipos. Essas diferenças dificultam a integração de componentes oriundos de sistemas distintos e, conseqüentemente, são uma barreira para o reuso desses componentes. Neste trabalho, defendemos a tese de que uma linguagem interpretada com um determinado conjunto de mecanismos reflexivos, aliada à compatibilidade estrutural de tipos, oferece um mecanismo de composição adequado tanto para a conexão dinâmica de componentes, quanto para a interoperabilidade entre diferentes sistemas de componentes. Esse mecanismo de composição realiza em tempo de execução as tarefas de conexão, adaptação, implementação e verificação de tipos de componentes, e trata de uma maneira uniforme componentes de diferentes sistemas, permitindo que estes sejam conectados de uma forma transparente. O mecanismo de composição que propomos se baseia em um modelo que privilegia a flexibilidade em tempo de execução. Esse modelo de composição é composto por dois elementos principais. O primeiro elemento é um modelo de objetos que definimos com a finalidade de poder representar componentes dos diferentes sistemas tratados neste trabalho. Assim, esse modelo de objetos faz o papel de um modelo integrador, isto é, um modelo sob o qual objetos de diferentes sistemas podem ser representados e interagir de forma transparente. O segundo elemento de nosso modelo de composição é um padrão de projeto (design pattern) para a implementação de bindings entre linguagens interpretadas e sistemas de componentes. Esse padrão de projeto, chamado Dynamic Language Binding, não utiliza a técnica tradicional de stubs. Ao invés disso, ele utiliza mecanismos de reflexividade e tipagem dinâmica para implementar tanto proxies genéricos, que podem representar qualquer componente de um determinado sistema, quanto adaptadores genéricos, que permitem a implementação de componentes utilizando a própria linguagem de composição. Como instrumento de validação da nossa proposta, descrevemos uma implementação do modelo de composição denominada LuaOrb. LuaOrb utiliza a linguagem interpretada Lua como linguagem de composição dinâmica, e integra os sistemas CORBA, COM e Java.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF  
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui