INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: CALÇADA SOCIAL SUSTENTÁVEL: UMA PROPOSTA PARA A CIDADE DO RIO DE JANEIRO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LÍVIA BEATRIZ BRIGAGÃO DA SILVA

Colaborador(es):  CELSO ROMANEL - Orientador
JEAN MARCEL DE FARIA NOVO - Coorientador
Número do Conteúdo: 27864
Catalogação:  03/11/2016 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=27864@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=27864@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.27864

Resumo:
A concentração da população urbana e a dinâmica das cidades apresentam desafios às administrações públicas municipais em suas tarefas de ampliar e conservar caminhos pavimentados destinados a pedestres, especialmente em metrópoles como o Rio de Janeiro onde a integração entre dois ou mais modais de transporte público é realizada quase totalmente sobre a superfície e por meio de linhas de ônibus, demandando a utilização de calçadas com mais frequência. Embora a Constituição Federal trate dos temas acessibilidade em prédios, portadores de deficiência, segurança viária e mobilidade urbana, as ações públicas voltadas para soluções de tráfego ainda privilegiam modais motorizados. Sem conservação, calçadas com buracos e desníveis estão por toda a cidade. Faltam rampas de acesso para pessoas com mobilidade reduzida e sobram obstáculos que diminuem a capacidade de fluxo para os pedestres, como bancas de jornal mal posicionadas. Inegável é que o planejamento e as respectivas ações administrativas para a gestão de calçadas urbanas necessitam de técnicas que deem conta da dinâmica em lugar de soluções empíricas. Esta pesquisa propõe um modelo de calçada sustentável que priorize as dimensões social e institucional da complexa realidade urbana representada. Um índice de qualidade é proposto para que o gestor público possa diagnosticar e monitorar a conservação dos pavimentos destinados a pedestres.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui