INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: LINGUAGEM, FORMA DE VIDA, HETERONÍMIA: PESSOA E WITTGENSTEIN
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): ARINALVA PAULA DOS SANTOS

Colaborador(es):  HELENA FRANCO MARTINS - Orientador
SOFIA MARIA DE SOUSA SILVA - Coorientador
Número do Conteúdo: 27711
Catalogação:  20/10/2016 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=27711@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=27711@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.27711

Resumo:
Esta pesquisa reflete sobre o pensamento acerca da linguagem que se pode depreender da poesia de Fernando Pessoa, enfatizando a questão heteronímica. Pretende-se investigar, no gesto heteronímico, uma relação com a palavra que, ultrapassando o seu uso como mero instrumento de expressão de uma subjetividade suposta, permite uma apreensão do fenômeno linguístico que se aproxima da noção wittgensteiniana de linguagem como forma de vida, lançando, contudo, uma nova luz sobre este conceito, potencializando-o. Explora-se, mais especificamente, a hipótese de que é possível reconhecer na estratégia heteronímica uma percepção da linguagem que, encontrando afinidade com a ideia wittgensteiniana de forma de vida, extrapola-a enquanto realização poética, em especial pelo modo como tensiona a ideia de performatividade na linguagem e pela forma como promete deslocar a própria noção de vida. Ao aproximar as escritas de Pessoa e Wittgenstein, a reflexão proposta contribui potencialmente para: (a) os estudos pessoanos, na medida em que considera o gesto heteronímico no âmbito de um diálogo pouco frequentado, privilegiando o papel da linguagem no centro da criação heteronímica; (b) os estudos wittgensteinianos, pois promete trazer aportes para a discussão de um aspecto sabidamente difícil de seu pensamento - a noção de forma de vida; (c) os estudos da linguagem e da literatura de um modo geral, uma vez que deseja contemplar o enlace intrínseco a esses dois campos do saber.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO, ÍNDICES  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui