INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: PRONTIDÃO E ACEITAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SERVIÇOS: MOBILE PAYMENTS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): THARCISIO ALEXANDRINO CALDEIRA

Colaborador(es):  JORGE BRANTES FERREIRA - Orientador
Número do Conteúdo: 27412
Catalogação:  20/09/2016 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=27412@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=27412@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.27412

Resumo:
Esta pesquisa teve como objetivo investigar os principais fatores que influenciam a adoção e uso de tecnologias no setor de serviços, mais especificadamente no setor de serviços financeiros. O arcabouço teórico permitiu a definição de construtos cognitivos e afetivos para a elaboração do modelo conceitual. Além disso, este modelo incluiu construtos de elevada importância para o consumo de serviços financeiros, como Confiança e Risco Percebido. Por fim, o construto de Prontidão para a Tecnologia, desenvolvido por Parasuraman e Colby (2014) foi adicionado ao modelo, a fim de analisar a influência da predisposição individual em relação às tecnologias em geral, enquanto antecedente dos demais construtos. Os dados da pesquisa foram obtidos por meio de uma survey online, que foi respondida por 402 estudantes ou recém-formados de cursos de graduação e pós-graduação. O modelo final da pesquisa, denominado Modelo de Prontidão e Aceitação de Mobile Payments, indicou que a Prontidão para a Tecnologia exerce maior influência sobre os aspectos cognitivos do que sobre os afetivos, indicando que a prontidão auxilia significativamente o processo racional de avaliação da tecnologia. Além disso, os resultados indicaram que o construto de Utilidades e Vantagens Percebidas exerceu a maior influência sobre a Atitude, seguido pela Confiança e pela Apreciação da Qualidade Percebida, confirmando que os aspectos cognitivos são predominantes no processo de decisão quanto ao uso de serviços financeiros. Por fim, o Risco Percebido apresentou uma influência negativa, mas de pequena magnitude, sobre a Intenção de Uso. O Modelo de Prontidão e Aceitação de Mobile Payments foi capaz de explicar cerca de 76 porcento da Atitude e 68 porcento da Intenção em relação ao uso de tecnologias, mostrando-se um modelo com boa capacidade preditiva e de contribuição relevante para a literatura de aceitação de tecnologias.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui