$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Formato DC|



Título: A TRANSNACIONALIZAÇÃO DOS MEIOS DIRIGENTES E A IMPLEMENTAÇÃO DO CONSENSO DE WASHINGTON NO BRASIL
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): MANOELA CARNEIRO ROLAND GAVA

Colaborador(es):  JOSE MARIA GOMEZ - Orientador
Número do Conteúdo: 2650
Catalogação:  23/05/2002 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=2650@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=2650@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.2650

Resumo:
A adoção de políticas econômicas neoliberais de matriz americana,conjuntamente, pelos países latino-americanos, a partir da década de 80, passou a ser denominado de Consenso de Washington. A natureza de tamanha unanimidade, presente entre países de realidades econômica, social e política tão diversas foi motivo de questionamento por vários autores, tendo em vista a falta de originalidade do conteúdo dessas políticas econômicas. Defende-se, neste trabalho, a posição de que a grande novidade apresentada por este Consenso foi, justamente, a adoção conjunta de suas medidas e o discurso legitimador e universalizante que as promoveu, elementos atribuídos a uma revolução intelectual. É identificada, assim, a importância do papel das ideias enquanto influenciadoras das políticas governamentais. Papel este, que esta dissertação trata sob o arcabouço teórico de neogramscianos como Robert Cox e Stephen Gill, a partir da concepção desses autores de hegemonia, estabelecida por um país, numa sociedade civil global em formação, através das suas bases materiais e sociais, dentre estas, a ideologia. No caso brasileiro, um elemento especial é apresentado como facilitador da incorporação das diretrizes neoliberais hegemônicas, conformadoras do Consenso de Washington, no país: transnacionalização dos meios dirigentes em macroeconomia. O que esta dissertação objetiva demonstrar é que o trânsito dessa elite de economistas por organismos internacionais, notadamente norte-americanos, tende a aproximá-los de seus posicionamentos, além de conferir-lhes maior notoriedade. Esta notoriedade, por sua vez, aumenta as chances desses profissionais ocuparem cargos no governo. Uma vez ocupando esses cargos, maior a probabilidade de aplicarem as políticas econômicas importadas do país hegemônico, como aquelas reconhecias por caracterizarem o Consenso de Washington.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF  
INTRODUÇÃO, DESENVOLVIMENTO, CONCLUSÃO  PDF  
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui