$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: OS COORDENADORES PEDAGÓGICOS DE ESCOLAS DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO COMO MEDIADORES DAS POLÍTICAS CURRICULARES
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): JANE CORDEIRO DE OLIVEIRA

Colaborador(es):  MARIA INES GALVAO FLORES MARCONDES DE SOUZA - Orientador
Número do Conteúdo: 25935
Catalogação:  14/03/2016 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=25935@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=25935@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.25935

Resumo:
A pesquisa tem por objetivo compreender de que forma o coordenador pedagógico efetua a mediação política no decorrer do cotidiano escolar, entre as políticas educacionais implantadas pela Secretaria Municipal de Educação da Cidade do Rio de Janeiro (SME/Rio) e a comunidade escolar. Os referenciais teóricos são Ball (1994, 2001, 2002, 2005) no que se refere aos conceitos de performatividade, gerencialismo, e recontextualização das políticas no campo micro- as escolas; Marcondes (2013, 2014), tendo como base as teorias de Ball sobre o papel do coordenador pedagógico como mediador frente às novas políticas curriculares e Del Prette e Del Prette (1998, 2012), com o conceito das habilidades sociais nas análises da dimensão socioafetiva da mediação política do coordenador. A pesquisa, de cunho qualitativo, teve como instrumento entrevista semiestruturada com dezoito coordenadores pedagógicos de escolas que atendem aos cinco primeiros anos do ensino fundamental e obtiveram bom desempenho no IDEB (BRASIL, 2012) e IDERio (RIO DE JANEIRO, 2011) no ano de 2011. A pesquisa chega às seguintes considerações: sobre a função desempenhada na escola, os coordenadores se veem como bombeiros, atendendo constantemente às questões emergenciais da escola. Em relação à mediação política do coordenador, encontramos três dimensões em sua atuação: organizacional, pedagógica e socioafetiva. Estas dimensões se apresentam intimamente interligadas. A partir dos relatos dos coordenadores, definimos cada uma dessas dimensões. Em relação à dimensão organizacional, os coordenadores apontaram que ela é exercida essencialmente nos centros de estudos quando os professores fazem seus planejamentos. Nestes horários, os professores recebem o repasse das informações vindas da Secretaria Municipal de Educação – SME/Rio e tiram as dúvidas a respeito do material curricular (Orientações Curriculares, Descritores, Cadernos de Apoio Pedagógico). dimensão organizacional pode se tornar altamente reguladora quando ele olha os diários, olha os cadernos dos professores e verifica se as atividades foram feitas. Na dimensão organizacional, por falta de infraestrutura na escola, muitas vezes, o coordenador assume turma no lugar do professor faltoso, quebrando sua rotina de trabalho. Em relação à dimensão pedagógica, os coordenadores revelaram que desenvolvem, junto aos professores atividades visando o bom desempenho dos alunos nas provas. Além disso, planejam atividades dos Projetos Políticos Pedagógicos, elaboram e aplicam atividades de recuperação paralela e reforço escolar junto aos alunos com dificuldades de aprendizagem. A respeito da avaliação, eles criam e recriam diversos instrumentos para acompanhamento do desempenho, além das Provas Bimestrais dadas pela SME/Rio. Também desenvolvem atividades de enriquecimento curricular utilizando diversos recursos didáticos, além dos materiais enviados pela SME/Rio. Em relação à dimensão socioafetiva, os dados revelaram que os coordenadores visam construir vínculos afetivos com os diversos segmentos da comunidade escolar de forma a harmonizar, conciliar as demandas pessoais e afetivas num processo de recontextualização das políticas da SME/Rio. O coordenador lida com os anseios dos professores, dos pais, dos alunos e da direção para construir um ambiente colaborativo para a consecução das metas de desempenho. Nas reuniões, organizadas pelos coordenadores, é importante a conciliação de conflitos que porventura existam entre a opinião dos professores e as demandas políticas da SME/Rio.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui