INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: ESTUDO DA MUDANÇA DE MOLHABILIDADE EM SUBSTRATOS ARGILOSOS EM CONTATO COM ÁGUAS DE DIFERENTES SALINIDADES
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): GABRIELLA MORITO MANSUR

Colaborador(es):  MARCIO DA SILVEIRA CARVALHO - Orientador
RANENA VERONICA PONCE FLORES - Coorientador
Número do Conteúdo: 25278
Catalogação:  01/10/2015 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TRABALHO DE FIM DE CURSO
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=25278@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=25278@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.25278

Resumo:
O presente trabalho foi inspirado no tema da injeção de baixa salinidade em reservatórios para aumento do fator da recuperação de óleo, com base na hipótese da múltipla troca iônica. Desta forma, foram estudados os efeitos da água de baixa salinidade no aumento do ângulo de contato entre gotículas de óleo e superfície, com a consequente diminuição da área de contato entre eles que leva ao desprendimento do óleo do substrato. Inúmeros têm sido os estudos na tentativa de inferir-se potenciais mecanismos que justificassem o aumento no fator de recuperação pela injeção de água pouco salina. No entanto, ainda não se sabe ao certo o mecanismo microscópico que leva ao sucesso deste método. Resultados em campo e laboratório indicam que uma alteração na molhabilidade da rocha no sentido de torna-la menos molhável ao óleo e mais molhável à água está envolvida. Com o intuito de investigar o efeito da mudança de molhabilidade, realizou-se testes quantitativos de medição do ângulo de contato entre gotículas de óleo e a superfície de argila, em contato com águas de diferentes salinidades e usando diferentes concentrações de laponita, de forma a simular em laboratório, de maneira simplificada, as condições em reservatório; e testes qualitativos, que permitiram observações das particularidades e variabilidades deste processo. Os resultados obtidos provaram que de fato uma alteração na molhabilidade está envolvida, porém há diversas variáveis atuantes de difícil controle que necessitam ser investigadas. Este estudo também jogou luz sobre o comportamento da argila laponita, sobre a qual pouco se sabe no campo da injeção de baixa salinidade.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui