INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: A CONSTRUÇÃO DO POSICIONAMENTO DO AUTOR NA PRODUÇÃO TEXTUAL DE ALUNOS DO ENSINO MÉDIO: UMA ANÁLISE DOS RECURSOS DA AVALIATIVIDADE COMO ESTRATÉGIAS ARGUMENTATIVAS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): ANA PAULA GUIDA TAVARES

Colaborador(es):  ADRIANA NOGUEIRA ACCIOLY NOBREGA - Orientador
Número do Conteúdo: 24350
Catalogação:  26/03/2015 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=24350@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=24350@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.24350

Resumo:
O objetivo deste estudo é investigar a construção do posicionamento autoral em textos dissertativo-argumentativos produzidos por alunos do Ensino Médio, reconhecendo esta prática discursiva como espaço sociossemiótico de elaboração de estratégias argumentativas e negociação de significados. Considerando a escrita como atividade consciente, planejada, pensada e repensada, a presente pesquisa tem como suporte teórico: a perspectiva de linguagem proposta pela Linguística Sistêmico-Funcional (Halliday e Hassan, 1989; Halliday e Matthiessen, 1999; Eggins, 2004; Gouveia, 2009); o Sistema da Avaliatividade (Martin e White, 2005; Vian Jr, 2002); o estudo de Gêneros (Martin, 1992; Bakhtin, 1992; Miller, 1994) e teorias de Argumentação (Breton, 1999; Abreu, 2003). Textos dissertativo-argumentativos elaborados por alunos do terceiro ano do Ensino Médio, que simulam redações propostas em exames de vestibular, foram selecionados para a investigação da construção do posicionamento do autor. Os resultados indicam que recursos da Avaliatividade operam como potencializadores da construção do posicionamento do autor, atuando como possíveis estratégias argumentativas. Como contribuição teórica, a análise dos dados sugere uma estreita relação entre o potencial de significados da linguagem e o potencial argumentativo de um texto, realizada através de escolhas semânticas e lexicais aliadas a estratégias argumentativas, que resultam em potenciais de significados argumentativos. Logo, de acordo com este estudo, é possível tecer um paralelo entre a abordagem de linguagem proposta pela Linguística Sistêmico-Funcional e o estudo da argumentação. Implicações do estudo apontam para a latente necessidade de fazermos uso da abordagem Sistêmico-Funcional e da Avaliatividade em sala de aula, no ensino-aprendizagem de Língua Portuguesa, principalmente no que se refere à Produção Textual.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui