INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: A PRÁTICA EXPLORATÓRIA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE LÍNGUA INGLESA: REFLEXÃO E ÉTICA NO FAZER PEDAGÓGICO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): RENATA LOPES DE ALMEIDA RODRIGUES

Colaborador(es):  INES KAYON DE MILLER - Orientador
Número do Conteúdo: 24050
Catalogação:  10/02/2015 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=24050@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=24050@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.24050

Resumo:
A capacidade de se desenvolver e aprender com o outro e a natureza inacabada do ser humano são fatores motivadores desta tese. Este trabalho investigativo resgata um desejo de entender e refletir sobre questões relativas à construção reflexiva, ética e afetiva do professor de línguas, através do discurso, a partir da experiência e da interação social. Fundamentada pelos princípios da Prática Exploratória, tais como integrar todos no trabalho, trabalhar para o desenvolvimento mútuo, trabalhar para entender e priorizar a qualidade de vida na sala de aula, e pela teoria sócio-histórica-cultural de Vygotsky, portanto, essa pesquisa busca esses entendimentos sobre questões relativas à formação inicial do professor de línguas. É uma pesquisa qualitativa, dentro do paradigma participativo e colaborativo, realizada com professores em formação inicial que participam de um projeto de Iniciação à Docência, em uma universidade estadual, na cidade do Rio de Janeiro. Construtos da Sociolinguística Interacional, como as noções de enquadre, footing e pistas de contextualização são norteadores da microanálise de dados gerados a partir de gravações dos encontros do grupo em áudio e de relatórios escritos pelos futuros professores. Esses entendimentos apontam para a construção conjunta de saberes e práticas do professor de línguas como parte do desenvolvimento humano, que é construído na interação social com o outro. Os encontros analisados, os relatórios, a sessão reflexiva e pôsteres apresentados pelos alunos-professores mostram a relevância do trabalho reflexivo e cooperativo, mediado pela construção de andaimes emocionais e de conteúdo, para o desenvolvimento mútuo, de alunos-professores e professoras-orientadoras.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E APÊNDICES  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui