INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: IMAGINÁRIO TECNOLÓGICO DE PROFESSORES: SER PROFESSOR EM TEMPOS DE TECNOLOGIAS DIGITAIS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LUCIANA SILVA DOS SANTOS

Colaborador(es):  ROSALIA MARIA DUARTE - Orientador
RALPH INGS BANNELL - Coorientador
Número do Conteúdo: 23887
Catalogação:  15/01/2015 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=23887@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=23887@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.23887

Resumo:
Esta dissertação tem como objetivo identificar e discutir elementos do imaginário tecnológico vivenciado por professores, tendo em vista analisar como este atravessa as práticas pedagógicas e as relações que os docentes estabelecem com os alunos, no contexto da cultura digital. O trabalho busca captar a percepção que professores têm da atividade docente face às supostas mudanças pelas quais vem passando a profissão, em tempos de massificação do acesso às tecnologias digitais. Tem como principal referência teórica as contribuições das teorias da cultura digital e do mito da digitalização para pensar o imaginário tecnológico. Estas acepções estão alocadas no campo dos estudos de mídia de orientação filosófica que participam de uma perspectiva pós-metafísica. A pesquisa, de caráter qualitativo, teve por base a realização de entrevistas individuais semiestruturadas, seguindo a lógica do sistema de rede para a seleção dos entrevistados. Foram entrevistados quinze professores de Ensino Médio, atuantes, em sua maioria, em escolas estaduais de formação docente, localizadas na cidade do Estado do Rio de Janeiro. Os resultados indicam que o imaginário tecnológico partilhado por estes profissionais apresenta aspectos do mito da digitalização, no interior do qual prevalece a percepção de que há um maior distanciamento entre gerações na conjuntura da cultura digital e a concepção de que os jovens são experts na utilização de tecnologias, frente a adultos pouco qualificados nesse âmbito. Foi também identificada uma maior freqüência de uso social das tecnologias por parte dos professores, em comparação a inserção das mesmas em sua prática pedagógica. Além de questões como a precária infraestrutura da escola, formação insuficiente para a utilização das tecnologias e a falta de tempo, o imaginário tecnológico parece ser também um fator que incide sobre o baixo uso das tecnologias em sala de aula.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
APRESENTAÇÃO E CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui