INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: CARTAZES DO CINEMA BRASILEIRO: IMAGEM E IMAGINÁRIO SOCIAL
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): SIMONE ALBERTINO DA SILVA NUNEZ

Colaborador(es):  ALBERTO CIPINIUK - Orientador
Número do Conteúdo: 23586
Catalogação:  24/10/2014 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=23586@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=23586@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.23586

Resumo:
A pesquisa Cartazes do cinema brasileiro: imagem e imaginário social reflete sobre o universo imagético contido nos cartazes do cinema brasileiro, e tenta identificar imagens de referência ou recorrentes (ícones) que teriam contribuído para a construção do imaginário social sobre o país no cinema nacional, procurando identificar as origens da identidade social brasileira, como seria formado o imaginário nacional e se ele poderia ser representado por imagens dos cartazes de cinema brasileiros. A reflexão se desenvolve, principalmente, a partir das relações entre sociedade e cultura, o campo da arte e seus sistemas de produção. Tais relações colocam em evidência o fato de que as representações são construídas através da história social, a partir de configurações simbólicas que definem a sua forma final e a partir de conceitos pré-estabelecidos – as convenções –, que promovem facilidade de reconhecimento para quem observa, e faz com que os produtores de imagem possam ter certo controle sobre o seu uso. A existência de uma cultura visual evidencia as práticas culturais dentro da sociedade, enquanto a indústria cultural utiliza as convenções para formar um conjunto de imagens que acaba por definir o universo visual moderno, permitindo perceber quando uma imagem tenta fugir de um padrão instituído. A tese desta pesquisa se configura sobre um caminho que tenta delimitar teoricamente o que constituiria a identidade social brasileira, em relação aos tipos de representação do brasileiro e do país; sobre pensamentos acerca da indústria do cinema nacional e seus mecanismos de distribuição e divulgação, que determinam, entre outros fatores, o design dos cartazes e também os tipos de representação da imagem; e finalmente, sobre as representações sociais e imagens dos cartazes de cinema pertencentes aos filmes nacionais. Fazendo parte de um universo onde as representações se baseiam no imaginário estrangeiro dos filmes, o cinema brasileiro se encontra encerrado entre uma prática que procura imitar as produções internacionais e seus padrões de imagem, ou buscar elementos da cultura brasileira para tentar construir um imaginário próprio, reforçando mitos e reafirmando a cultura nacional. O cartaz de cinema brasileiro se encontra no mesmo paradoxo: repetir os padrões gráficos consolidados pela indústria cinematográfica internacional e impostos pelas distribuidoras estrangeiras, ou buscar um padrão gráfico que possa ser considerado nacional.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTA DE FIGURAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui