$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: A FUNÇÃO COESIVA DAS NOMINALIZAÇÕES EM REDAÇÕES ESCOLARES NA PERSPECTIVA SISTÊMICO-FUNCIONAL
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): RUBIANE GUILHERME VALERIO

Colaborador(es):  LUCIA PACHECO DE OLIVEIRA - Orientador
Número do Conteúdo: 22462
Catalogação:  04/02/2014 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=22462@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=22462@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.22462

Resumo:
Este estudo tem como objetivo investigar a função coesiva desempenhada pelas nominalizações em redações de alunos do terceiro ano do Ensino Médio. Para tanto, esta pesquisa baseia-se nos pressupostos da Linguística Sistêmico- Funcional, que compreende a língua como um sistema sociossemiótico em função dos contextos situacionais e culturais em que ela é utilizada (Halliday, 1994). O estudo das nominalizações é também relacionado ao fenômeno da metáfora gramatical ideacional, uma das características da escrita acadêmica (Simon- Vandenbergen et al, 2003, Banks, 2003). O corpus de estudo consiste em 45 redações de instituições de três segmentos escolares – federal, estadual e particular – e perfaz um total aproximado de 9800 palavras. A análise foi conduzida em duas etapas: uma quantitativa, com apoio de ferramentas computacionais (Scott, 2004), em que se buscou a frequência de uso das nominalizações nos textos analisados, assim como a variação desse uso entre os textos das diferentes escolas; e outra qualitativa, que teve por objetivo descrever os tipos de elos coesivos estabelecidos pelas formas nominalizadas nas redações selecionadas para esta pesquisa. Os resultados mostram que os alunos usam as nominalizações como elemento coesivo e que há considerável variação desse uso em função das diferentes escolas em que esses textos foram produzidos, fazendo com que os textos apresentem diferentes níveis de adequação ao contexto escolar. Mais especificamente, através da análise dos resultados pode-se identificar e classificar diferentes tipos de elos coesivos constituídos pelas nominalizações, os quais apresentam alguns padrões de realização distintos dos já revelados por estudos anteriores sobre a coesão (Halliday e Hasan, 1989, Fávero, 1991, Koch, 1993), incluindo a realização de laços coesivos entre nominalizações como núcleo de um sintagma nominal e outros sintagmas de maior complexidade lexical e semântica. A partir desses resultados, espera-se que este estudo não só contribua para uma descrição mais apurada de alguns padrões de uso da língua portuguesa, mas também para o ensino da escrita no contexto escolar, já que também são brevemente discutidas neste trabalho algumas implicações pedagógicas quanto à função coesiva das nominalizações, as quais podem levar a uma maior conscientização sobre os padrões linguísticos e textuais considerados como adequados especialmente aos gêneros do contexto pedagógico.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
CAPÍTULO 7  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui