INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: SOBRE A HOMOIOSIS THEOI: COSMOLOGIA, EVOLUÇÃO E ÉTICA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): JOSE RICARDO DE ALMEIDA TORREAO

Colaborador(es):  DANILO MARCONDES DE SOUZA FILHO - Orientador
MARCUS REIS PINHEIRO - Coorientador
Número do Conteúdo: 22088
Catalogação:  25/09/2013 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=22088@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=22088@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.22088

Resumo:
Esta dissertação explora alguns aspectos da homoiosis theoi, o ideal de assimilação a deus defendido por Platão em vários dos seus diálogos, em especial no Teeteto e no Timeu. No Teeteto, Sócrates afirma: Daqui nasce para nós o dever de procurar fugir o quanto antes daqui para o alto. Ora, fugir dessa maneira é tornar-se o mais possível semelhante a Deus; e tal semelhança consiste em ficar alguém justo e santo com sabedoria. A assimilação a deus é então claramente apresentada como uma rota de fuga, mas também como um guia para a transformação moral. Ambos os aspectos são considerados no presente trabalho, que articula a noção da homoiosis theoi com a narrativa evolucionária associada ao mito da criação do Timeu. Segundo a nossa leitura, o retorno das almas justas às suas estrelas nativas, com cuja possibilidade o Timeu nos acena, poderia identificar-se à homoiosis theoi, configurando uma das transições admissíveis do processo evolucionário descrito no diálogo. A assimilação de cada alma individual a deus, equiparando-se à sua ascensão para a contemplação do Bem, estaria associada ao imperativo do seu retorno para a educação moral da sociedade. Em se provando bem-sucedido, este esforço educativo conduziria à consumação coletiva da homoiosis theoi: a elevação de toda a humanidade à comunhão com as estrelas. Assim incorporada a um plano de fundo evolucionário, a noção platônica da assimilação a deus mostra-se significativamente consistente com especulações contemporâneas sobre o papel e o destino cósmicos da humanidade, em particular com o chamado princípio antrópico final. Abre-se também a possibilidade de uma comparação com sistemas de perfectibilidade humana fundados sobre a teoria da evolução darwiniana.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
CAPÍTULO 7  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui