INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: FIOS DA REDE: INDUSTRIAL E TRABALHADORES NA CRIAÇÃO E EXPANSÃO DE UM GRUPO EMPRESARIAL (1920-1949)
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): JUCARA DA SILVA BARBOSA DE MELLO

Colaborador(es):  LUIS REZNIK - Orientador
Número do Conteúdo: 21901
Catalogação:  20/08/2013 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=21901@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=21901@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.21901

Resumo:
O pernambucano Othon Lynch Bezerra de Mello tornou-se proprietário de quatro fábricas de tecidos no decorrer da década de 1920, todas no estado de Pernambuco. O empresário fez fortuna nas décadas de 1930 e 1940, momento de grande expansão dos negócios em direção aos estados do Rio de Janeiro, local em que adquiriu a Companhia Agrícola e Industrial Magalhães, rebatizada de Fábrica Esther, Minas Gerais onde foi instalada a Fábrica de Tecidos Maria Amália e Alagoas onde adquiriu a Fábrica Fernão Velho, rebatizada de Fábrica Carmen. A venda e fabricação de tecidos nesse período garantiram a Bezerra de Mello um grande acúmulo de capitais com os quais decidiu diversificar os negócios. Na década de 1940, o Grupo Othon se constituía de duas Companhias Têxteis: o Cotonifício Othon Bezerra de Mello e a Companhia de Fiação e Tecelagem Bezerra de Mello, além de usinas de açúcar e investimentos na produção de energia, agropecuária e seguros. Nos anos de 1940, o industrial decidiu investir também no ramo da hotelaria, utilizando, para tanto, o capital acumulado no setor têxtil, de onde surgiria a imponente Rede de Hotéis Othon. Para além da construção de uma história empresarial, esta tese representa o esforço de pôr em evidência as estreitas relações entre industrialização, trabalho, política e sociedade, utilizando como um dos recursos elucidar e interpretar aspectos dos modos de vida e visões de mundo dos trabalhadores e do empresário, em suas formas autônomas e institucionalizadas, verificando-se em um período considerável de tempo as mediações entre sua experiência cotidiana e a presença como classe na cena política nacional.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui