INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: O EXCÊNTRICO, O PRIMEIRO, O INESPERADO, O ADVERSO: UMA ANÁLISE RETÓRICO-DISCURSIVA DOS RELATOS DE CASO NA LITERATURA MÉDICA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): JULIANA SOUSA TRAJANO

Colaborador(es):  BARBARA JANE WILCOX HEMAIS - Orientador
Número do Conteúdo: 21826
Catalogação:  01/08/2013 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=21826@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=21826@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.21826

Resumo:
Este estudo delineia e analisa as características que consolidam e identificam o gênero relato de caso, tipicamente publicado em periódicos na área biomédica. O objeto de estudo é motivo de polêmica na comunidade médica, que discute o valor e a representatividade deste tipo de produção. Para auxiliar na compreensão do debate, apresenta-se um panorama dos estudos sobre linguagem e ciência e das questões políticas vinculadas à publicação científica atualmente. No cerne das fundamentações teóricas sobre gêneros discursivos que sustentam a tessitura desta pesquisa está a noção de gênero como ação retórica tipificada, constituída no interior de uma comunidade, e que atende a um propósito comunicativo (Bazerman, 1988, 2004; Bhatia, 1996; Miller, 1984; Swales, 1990). Alinhada a esta perspectiva, a análise foi realizada por meio de uma adaptação do modelo CARS (Create a Research Space) de Swales (1990, 2004), visando a apresentar um padrão de organização retórica das informações no relato de caso, evidenciando as características que o constituem como gênero discursivo. Também se discorre sobre a função do título e de outros sistemas semióticos (além do signo linguístico) na composição do sentido do texto. O quadro de três movimentos retóricos realizados por meio de onze subfunções, resultante da análise, revela o relato de caso como um gênero híbrido de relato e artigo científico, de maneira que é possível concebê-lo como relevante manifestação de prosa acadêmica, atendendo a um propósito específico da comunidade médica.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS, APÊNDICE E ANEXOS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui