$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: RECURSOS LINGUÍSTICOS INTERPESSOAIS NA ARGUMENTAÇÃO: ANÁLISE DE ARTIGOS DE OPINIÃO EM UMA PERSPECTIVA SISTÊMICO-FUNCIONAL
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LILIAN VICTORINO SANTANA

Colaborador(es):  LUCIA PACHECO DE OLIVEIRA - Orientador
Número do Conteúdo: 21729
Catalogação:  09/07/2013 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=21729@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=21729@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.21729

Resumo:
Este trabalho investiga a construção da argumentação no discurso jornalístico, tomando por base a teoria sistêmico funcional para análise de recursos linguísticos interpessoais (Halliday, 1994; Butt et al, 1995), bem como a teoria da valoração (Martin, 2000) e estudos sobre argumentação para identificar o uso de estratégias de convencimento e/ou persuasão em artigos de opinião (Ducrot, 1983 apud SILVA e ESPÍNDOLA, 2005; Abreu, 2009). A pesquisa qualitativa desenvolvida sobre esse gênero textual (Marcuschi, 2002) descreve e interpreta o uso de traços léxicogramaticais relacionados à Metafunção Interpessoal, permitindo uma melhor compreensão e avaliação da eficácia dos textos. O posicionamento dos autores dos artigos é também analisado através do gerenciamento da informação, que incide no ato de convencer, ou do gerenciamento da relação, incidindo no ato de persuadir. Para análise, foram selecionados nove artigos de opinião de temas variados, publicados durante o ano de 2010, nos jornais O Globo e Folha de São Paulo, sendo parte dos artigos recolhida da versão impressa e outros da versão digital desses veículos. O trabalho visou à seleção, identificação e análise dos recursos linguísticos que realizam, dentre outros aspectos, a modalidade e a metáfora gramatical interpessoal, passando à interpretação semântica depreendida desses dados. Ao mesmo tempo, em cada texto, verificou-se a incidência do ato de convencer e/ou persuadir a partir de categorias atitudinais de afeto, julgamento ou apreciação. Os resultados da pesquisa revelam que o ato de convencer é mais recorrente na argumentação em artigos de opinião, mostrando que os escritores atuam no campo das ideias do leitor e buscam, na objetividade própria ao discurso jornalístico, diferentes caminhos para falar à razão do outro. Por outro lado, as escolhas léxico-gramaticais mostram que vários recursos interpessoais são utilizados nos textos também com o intuito de persuadir, construindo uma predisposição à solidariedade com o leitor ou permitindo a expressão da opinião do escritor de maneira indefinida ou sutil, tornando difícil ao leitor questionar, refutar ou discordar do autor, que assim desenvolve, com sucesso, a sua argumentação.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui