INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: HABILIDADES DE LEITURA E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS ASSOCIADAS AO SEU APRENDIZADO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LUCIA HELENA GAZOLIS DE OLIVEIRA

Colaborador(es):  ALICIA MARIA CATALANO DE BONAMINO - Orientador
TUFI MACHADO SOARES - Coorientador
Número do Conteúdo: 21591
Catalogação:  28/05/2013 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=21591@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=21591@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.21591

Resumo:
No âmbito das pesquisas sobre escolas eficazes, este estudo investiga especialmente o efeito-professor no aprendizado de leitura de estudantes do segundo e do terceiro anos do Ensino Fundamental. Interessa averiguar quais práticas estão associadas ao aumento do aprendizado das diferentes habilidades que necessitam ser construídas durante o processo de aprendizagem da nossa língua e, ainda, se os impactos dessas práticas se diferenciam conforme o ano escolar frequentado pelos alunos. Os dados analisados são originários do Estudo Longitudinal da Geração Escolar 2005 - GERES 2005. A subamostra utiliza dados cognitivos de 17.628 alunos, distribuídos em 671 turmas, de 225 escolas, pertencentes às redes municipal, estadual, federal e privada, das cidades do Rio de Janeiro (RJ), de Belo Horizonte (MG), de Campinas (SP) e de Campo Grande (MS). Quantos aos dados contextuais, a subamostra corresponde aos professores das respectivas turmas. O trabalho pode ser resumido em três investigações complementares. A primeira corresponde à interpretação pedagógica da escala de proficiência, indispensável para a compreensão de qualquer resultado posterior, já que os valores numéricos das escalas não têm significado em si mesmos. Sendo assim, os itens dos testes foram examinados detalhadamente, conforme a sua distribuição nos intervalos de proficiência da escala, com o objetivo de esclarecer sobre o que os alunos são capazes de realizar cognitivamente em cada um deles. Em seguida, foi realizada nova análise pedagógica, de forma a atribuir coerência ao conjunto de habilidades, interpretando-o quanto aos diferentes níveis de aprendizagem. A segunda investigação busca evidências da existência de subescalas de habilidades internas ao aprendizado de leitura. Simultaneamente, investiga se as práticas declaradas pelos professores também podem ser expressas por meio de escalas. Os construtos foram definidos, inicialmente, por análise conceitual e, logo após, foram submetidos aos procedimentos estatísticos necessários à sua validação. Por fim, a terceira investigação, objetivo central desta tese, examina o efeito das práticas de leitura no aprendizado dos estudantes avaliados durante a pesquisa. A metodologia utilizada para tal associação foi a Modelagem Hierárquica Multinível (nível aluno e nível turma), apropriada para pesquisas que utilizam dados alinhados hierarquicamente, como é o caso das pesquisas educacionais. Os resultados evidenciaram boas medidas para as escalas de práticas de leitura. As escalas obtidas foram: (i) leitura realizada pelo professor para os alunos, (ii) solicitação do professor para que os alunos realizem leitura silenciosa e (iii) solicitação do professor para que os alunos realizem leitura em voz alta. Embora com resultados menos expressivos estatisticamente, as escalas formadas para as habilidades em leitura foram as seguintes: (i) processamento do código de leitura; (ii) localização de informações explícitas; (iii) integração de informações entre o texto e o contexto e (iv) apreensão de aspectos discursivos do texto. A associação entre práticas de leitura e proficiência mostrou ganhos diferenciados por parte dos alunos, conforme a habilidade, o ano escolar e as práticas adotadas pelos professores. Alguns resultados: (i) a ênfase no uso de métodos tradicionais apresentou correlação negativa com o aprendizado das habilidades de processamento do código e de localização de informações no 2º ano; (ii) no 3º ano, a prioridade em atividades de cópia, ditado e caligrafia apresentou correlação negativa com o aprendizado dos alunos em todas as habilidades investigadas (iii) e a leitura realizada pelo professor, no 3° ano, foi a única modalidade de prática de leitura que se manteve significativa e com potencial para agregar conhecimento aos alunos, também em todas as habilidades pesquisadas.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
CAPÍTULO 7  PDF
CAPÍTULO 8  PDF
CAPÍTULO 9  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui