$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Formato DC|



Título: MENSURANDO A COMUNICAÇÃO DO BACEN: ANÁLISE QUANTITATIVA DOS COMUNICADOS DO COPOM
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): JULIANA TREJOS VARGAS

Colaborador(es):  CARLOS VIANA DE CARVALHO - Orientador
Número do Conteúdo: 21320
Catalogação:  18/03/2013 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TRABALHO DE FIM DE CURSO
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=21320@1
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.21320

Resumo:
O aumento de transparência dos bancos centrais vem ocorrendo desde o início dos anos 90. A baixa transparência, antes amplamente praticada, era vista como forma de evitar o problema de inconsistência temporal, pelo fato da política possuir um horizonte de prazo menor do que o ideal para a aplicação da política monetária. Por outro lado, a falta de transparência ia contra os princípios de democracia. Os bancos centrais deveriam poder ser responsabilizados por suas conduções de política (accountability), assim como agir de acordo com as escolhas socialmente desejáveis, tornando a transparência uma característica necessária. Esta mudança na forma de se comunicar foi notada principalmente em países que implementaram o sistema de metas para a inflação. Bancos centrais passaram a divulgar claramente o seus objetivos de política monetária e aumentaram a comunicação com o público através de comunicados e relatórios frequentes. Mesmo em países que não adotaram o sistema, como os EUA, uma mudança na comunicação e um aumento de transparência pode ser observado.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF  
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui