INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: AS (IN)SUSTENTABILIDADES PRESENTES NA PRODUÇÃO SOCIAL DO ESPAÇO EM MANGUINHOS- RJ
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): CATIA CRISTINA RODRIGUES DA SILVA

Colaborador(es):  ALVARO HENRIQUE DE SOUZA FERREIRA - Orientador
Número do Conteúdo: 21041
Catalogação:  24/01/2013 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=21041@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=21041@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.21041

Resumo:
Este estudo pretende analisar as transformações ocorridas no espaço urbano da cidade do Rio de Janeiro - RJ a partir da implementação do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O rebatimento espacial é o complexo de favelas denominado Manguinhos, que a partir do ano de 2008 recebeu as intervenções do PAC. O objetivo é analisar as estratégias de produção do espaço, suas sustentabilidades e/ou insustentabilidades que foram produzidas durante as intervenções, tendo como eixo a ação dos atores sociais envolvidos no processo, visando à perspectiva de construção do direito à cidade. Os principais referenciais teóricos utilizados na pesquisa foram: Lefebvre (1974, 1986, 1991, 2002); Massey (2008); Ferreira (2007, 2011); Rua (2007) , Morin (2002), Castoriadis (1987). Gohn (1997, 2008), Pogrebinschi (2009). No que tange ao método, caminhamos através do materialismo histórico dialético e tivemos como procedimentos de pesquisa: revisão bibliográfica, pesquisa de campo, aplicação de questionários, além de acompanhamento de reuniões promovidas tanto pelo poder público quanto pelos representantes dos movimentos sociais. Ressalta-se que a produção do espaço pauta-se por modelos cujos ideários estigmatizam as favelas, percebendo-as como se não pertencessem às cidades. Partimos do pressuposto de que o espaço produzido das cidades caracteriza-se por intensas desigualdades, pois essa é a lógica do desenvolvimento capitalista. Recorre-se ao conceito de espaço com o propósito de entender sua produção. Sendo o espaço um produto social, as relações sociais interferem na sua dinâmica, revelando, portanto, intencionalidades. A ação do poder público e dos atores sociais em Manguinhos está na esteira dessa discussão, constituindo-se em representações que definem e redefinem a produção desse espaço cotidianamente.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
INTRODUÇÃO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CONCLUSÃO  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui