$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Formato DC|



Título: ANÁLISE DE TARIFAÇÃO DO PREDIO OI: LEBLON
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): FELIPE SANTOS REIS
FABIANA SANTOS REIS

Colaborador(es):  DELBERIS ARAUJO LIMA - Orientador
Número do Conteúdo: 20906
Catalogação:  14/12/2012 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TRABALHO DE FIM DE CURSO
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=20906@1
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.20906

Resumo:
O trabalho executado tem como objetivo a escolha do melhor tipo de tarifação a ser adotada pelo prédio da Oi, Localizado na Rua Humberto de Campos, Leblon – Rio de Janeiro. Para tais critérios primeiro foi analisado o perfil do consumidor, através de seu nível de tensão recebida, demanda utilizada e do próprio consumo. Posterior a isso foi visto que o consumidor se enquadrava no perfil A4. Esse perfil oferece dois tipos diferentes de contratação, o Ambiente de Contração Livre (ACL) e o Ambiente de Contratação Regulada (ACR). No Ambiente de Contratação Livre, o consumidor negocia e compra livremente a sua energia diretamente dos agentes geradores e comercializadores. Já no ambiente de Contratação Regulada seus contratos são feitos diretamente entre o consumidor e a distribuidora, todos eles regulados pela ANEEL, onde não se possui o poder livre de negociação. O Ambiente de Contratação Regulada é dividido em três diferentes tipos de contrato, o Horo Sazonal Azul, Horo Sazonal Verde e a Tarifação Convencional. O custo das três opções de contratação é baseado na demanda contratada e no consumo utilizado, porém possuem suas diferenças. Neste trabalho, não entraremos em muitos detalhes sobre a tarifação convencional, pois o consumidor em estudo não se encaixa nesse perfil de contratação. Já a Horo Sazonal Azul e Verde possuem basicamente uma única diferença, uma utiliza os geradores no horário de ponta (Verde) e a outra não. Isso gera grandes impactos na conta de energia. Através desses tipos de opções de contratação foram feitas quatro simulações, utilizando a Tarifação do Mercado Livre, Mercado Livre com os geradores no horário de ponta, Horo Sazonal Azul e Horo Sazonal Verde. Posterior a tais simulações foi feito um estudo comparativo em termos de custo, para chegarmos ao melhor tipo de contratação para o consumidor estudado. Foi feito também um estudo adicional que tem como objetivo, caso o consumidor opte pela utilização de geradores na ponta, o calculo de tempo de retorno do investimento inicial.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF  
Logo maxwell Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui