INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: MODELO PARA AVALIAÇÃO DE RECALQUES EM ATERROS DE DISPOSIÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): GUSTAVO FERREIRA SIMOES

Colaborador(es):  TACIO MAURO PEREIRA DE CAMPOS - Orientador
Número do Conteúdo: 2036
Catalogação:  19/10/2001 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=2036@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=2036@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.2036

Resumo:
Esta tese apresenta um novo modelo para a avaliação de recalques em aterros de disposição de resíduos sólidos urbanos. Trata-se de um modelo unidimensional, onde os recalques resultam da ação de duas componentes, uma mecânica e outra biológica, que permite a avaliação da evolução das variações de volume do aterro com o tempo. A componente mecânica é caracterizada por um recalque imediato, causado pela redução da macroporosidade e pela drenagem de líquidos e gases presentes na massa de resíduos no instante da disposição devido à ação das cargas aplicadas, e por uma componente de longo prazo, originada pela deformação lenta da estrutura dos resíduos. A componente biológica é resultado dos processos de decomposição que ocorrem no interior dos aterros, onde a contínua transferência de massa da fase sólida para as fases líquida e, principalmente, gasosa, causa uma redução de volume dos resíduos. Por hipótese, os parâmetros utilizados na avaliação das duas componentes não variam com tempo. O comportamento dos resíduos é analisado a partir de propriedades de suas frações constituintes, possibilitando, desta forma, a análise de situações onde ocorram variações da composição e das condições operacionais. O modelo também permite a análise de aterros com construção em etapas e realização de ensaios de carregamento. Diversos casos históricos, coletados na literatura, foram simulados. Os resultados obtidos com o modelo mostraram-se bastante semelhantes aos de campo, indicando ser válido o conjunto de hipóteses adotadas. Na análise desses casos constatou-se uma falta de padronização na apresentação ou mesmo inexistência das informações necessárias às simulações com o modelo, tornando-se indispensável a adoção de hipóteses, sendo estas fundamentadas em aspectos físicos e observacionais. O modelo mostrou-se bastante versátil, podendo ser adaptado facilmente a novos problemas, incluindo a variação dos parâmetros com o tempo.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF  
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui