$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: SÍNTESE, CARACTERIZAÇÃO E AVALIAÇÃO DE SISTEMAS DE LIBERAÇÃO DE FÁRMACOS BASEADOS EM SÍLICA MESOPOROSA PARA IMAGEM EM MEDICINA NUCLEAR
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LUCAS TORRES MIRANDA SA

Colaborador(es):  MARIA ISABEL PAIS DA SILVA - Orientador
RALPH SANTOS-OLIVEIRA - Coorientador
Número do Conteúdo: 20339
Catalogação:  11/09/2012 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=20339@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=20339@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.20339

Resumo:
O câncer é a segunda maior causa de morte no mundo inteiro e estima-se que até 2030, serão 27 milhões de novos casos e 17 milhões de mortes. Devido a esse fato, o desenvolvimento de novos sistemas de liberação (Drug delivery systems - DDS) que permitam a distribuição de um agente bioativo no seu sítio terapêutico na dose certa, numa taxa específica, acarretando menor toxicidade, e que possa ser utilizado tanto para o tratamento como para o diagnóstico de enfermidades. Atualmente, as sílicas mesoporosa surgem como potenciais DDS ou carreadores em radiofármacos, devido a sua estrutura organizada, alta área superficial e tamanhos e volumes de poros ajustáveis. Nesse trabalho foram sintetizados três potencias sistemas de liberação ou carreadores para radiofármacos para exames de imagem em medicina nuclear. A SBA-15 e sua associação com a hidroxiapatita (HAP) por dois métodos diferentes: adição dos precursores durante formação da mesofase (SBA-15/HAP_1) e o segundo por impregnação na estrutura da SBA-15 já sintetizada e calcinada (SBA-15/HAP_2). Os materiais foram marcados com o radioisótopo 99mTc e tiveram suas marcações e biodistribuições avaliadas. A SBA-15 também foi conjugada com o aptâmero anti-MUC1 para realização de direcionamento ativo para células tumorais. Os materiais foram caracterizados por: espectroscopia de emissão ótica por plasma acoplado indutivamente (ICP-OES); análise termogravimétrica (ATG); fisissorção de nitrogênio; difração de raios-X (DRX); infravermelho (IV); microscopia eletrônica de transmissão e varredura (MET e MEV); e difração a laser. As avaliações da marcação e da biodistribuição foram realizadas por contador de raios gama e gama-câmara respectivamente. A SBA-15 apresentou uma estrutura mesoporosa altamente ordenada, com alta área superficial. Os materiais impregnados com hidroxiapatita apresentaram diferenças estruturais: Na SBA-15/HAP_1 houve bloqueio quase total dos mesoporos com nanopartículas de hidroxiapatita, enquanto na SBA-15/HAP_2, houve um bloqueio parcial dos mesoporos, apresentando também agregados de hidroxiapatita. A metodologia de marcação com o 99mTc apresentou estabilidade de 8 horas. A conjugação da SBA-15 com o aptâmero anti-MUC1 apresentou maior reconhecimento das partículas de SBA-15 por células tumorais.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
CAPÍTULO 7  PDF
CAPÍTULO 8  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui