INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: O AMOR INCONDICIONAL COMO BASE PARA A ÉTICA DA ALTERIDADE: UMA HERMENÊUTICA CRISTÃ EM DIÁLOGO COM O PENSAMENTO DE LÉVINAS EM BUSCA DE UMA SOCIEDADE INCLUSIVA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): MARIA CRISTINA SILVA FURTADO

Colaborador(es):  MARIA CLARA LUCCHETTI BINGEMER - Orientador
Número do Conteúdo: 19302
Catalogação:  21/03/2012 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=19302@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=19302@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.19302

Resumo:
Nesta dissertação procuramos mostrar que o preconceito e a discriminação; - fatores que geram a violência sofrida pela mulher, pela negra e pela homossexual, no decorrer da história da humanidade -; são ocasionados pela visão de inferioridade que se tem desta tríade. Estes grupos fogem ao padrão ideal antropológico da sociedade ocidental, gerando o não reconhecimento de sua alteridade, e uma rejeição capaz de levar ao assassinato. Analisamos, então, através do pensamento de Emmanuel Lévinas, seguindo a ótica teológica de Luis Carlos Susin, que a grande dificuldade em aceitar o diferente encontra-se na subjetividade fechada do ser. Finalmente, verificamos que, com base no amor incondicional de Deus, - essência do cristianismo -, é possível através da ética da alteridade, ir além do ser. Cada ser foi assignado por Deus antes de vir à existência, e por isso, diante do Olhar do outro que não pode ser transformado em um Mesmo, existe a possibilidade de ocorrer uma explosão da consciência, capaz de levá-lo a viver sua vocação transcendental, humanizando-se. Dessa forma, acreditamos que se realizarmos uma ampla e constante evangelização-educativa, seguindo a pedagogia de Jesus, teremos a oportunidade de experienciar o amor incondicional como ética em relação à alteridade, e cada pessoa que participar, poderá viver um cristianismo a partir do Outro, voltado para o outro e todos. Só assim, teremos uma sociedade inclusiva, sem distinção de raça, gênero, orientação sexual, etc.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui